Negócios

Comitê diretor do FMI pede vigilância sobre inflação em esboço de comunicado

WASHINGTON (Reuters) – O comitê diretor do Fundo Monetário Internacional vai pedir nesta quinta-feira maior monitoramento da dinâmica da inflação e que as autoridades estejam preparadas para adotar “ações defensivas para manter a estabilidade de preços”, segundo esboço de comunicado visto pela Reuters.

O comunicado, a ser divulgado pelo Comitê Financeiro e Monetário Internacional do Fundo, destaca as preocupações significativamente elevadas nas reuniões anuais do FMI e do Banco Mundial esta semana de que os saltos da inflação podem ser mais duradouros.

“Ainda se considera que o atual salto na inflação deve-se a esses fatores temporários, mas agora parece menos transitória do que esperado antes, e riscos de alta ao cenário inflacionário no curto prazo estão aumentando em uma série de países”, disse o comitê, formado por 24 membros.

(Reportagem de David Lawder e Jan Strupczewski)



Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Veja quanto custa comer nos restaurantes dos jurados do MasterChef
+ Leilão de carros e motos tem desde Kombi a Nissan Frontier 0km