Política

Comandante do Exército, Pujol cai de cavalo, quebra perna e passará por cirurgia

O comandante do Exército, general Edson Pujol, sofreu um acidente neste sábado, 28, enquanto praticava equitação no Regimento Dragões da Independência, em Brasília.

O militar sofreu uma fratura no fêmur e está internado no Hospital das Forças Armadas, onde será submetido a uma cirurgia. Segundo comunicado oficial do Exército, Pujol está realizando exames e passa bem.

O local de equitação é frequentado regulamente pelo vice-presidente Hamilton Mourão.

Pelo menos duas vezes na semana, os generais mais influentes do governo se reúnem para treinar saltos no 1.º Regimento de Cavalaria de Guardas, a 20 quilômetros do Palácio do Planalto.

Eles madrugam para ficar ali por cerca de uma hora, período em que tentam ultrapassar obstáculos de até 1,10 metro de altura.

Os cavalos montados pelos generais do governo pertencem à unidade militar. Mas cabe aos oficiais da reserva prepará-los para o adestramento e pagar pelos gastos. Mourão, por exemplo, desembolsa cerca de R$ 500 por mês.

A Força usa os cavalos em competições, em escoltas, cerimônias da Presidência e, se for preciso, em situações de distúrbios e confusões nas ruas.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel