Economia

Com isolamento social, aumenta o consumo de vinho no Brasil

Crédito: Pexels

Com mais pessoas em casa, consumo de vinho de melhor qualidade aumentou (Crédito: Pexels)

O consumo de vinho aumentou no Brasil durante o isolamento social causado pela pandemia da covid-19. Dados da Wine Intelligence, empresa de pesquisas no setor, mostram que 6 milhões a mais de brasileiros se tornaram consumidores regulares (ou seja, bebendo pelo menos uma vez por mês) em 2020 na comparação com o ano anterior, saindo de 36 milhões para 39 milhões.

O estudo revela ainda ampliação na quantidade de pessoas que bebem vinho pelo menos uma vez por semana. Em 2019, eram 25 milhões de brasileiros, enquanto que no ano passado esse número saltou para 28 milhões.

+ Venda de bebidas alcóolicas no Brasil dispara na pandemia
+ Falta de garrafas de vidro afeta indústria de cerveja

Já o número de brasileiros que consumiram a bebida em 12 meses saiu de 75 milhões em 2019 para 83 milhões no ano passado.

De acordo com o GPS, o País produz cerca de 200 milhões de litros de vinho por ano, além de 120 milhões de litros de espumante. O setor é responsável por movimentar mais de R$ 9 bilhões por ano.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel