Economia

Com fábrica da Sony, Mondial acelerou meta

A Mondial, empresa de capital fechado e líder no mercado de eletroportáteis, começou em 2000 em Sorocaba(SP) com ventiladores e liquidificadores. Dois anos depois inaugurou e uma fábrica em Camaçari (BA), posteriormente transferida para uma unidade três vezes maior em Conceição de Jacuípe (BA).

Em 2005, iniciou atividades na China. Primeiro com escritório em Ningbo e, depois, com uma base em Guangzhou.

Nesse período foram agregados novos produtos, como batedeira, processador e secador, entre outros. Hoje são 401 produtos.

O grande salto ocorreu em 2020, com a compra da fábrica da Sony em Manaus (AM), uma unidade quase sete vezes maior do que a companhia operava desde 2014 na Zona Franca.



De lá já estão saindo caixas acústicas, aparelhos de som. Mas o avanço ocorre a partir de setembro e outubro, quando começa a produzir de forno de micro-ondas e TVs, seguidos pelos aparelhos de aparelhos de ar condicionado.

A companhia emprega diretamente 4,3 mil trabalhadores e fechou 2020 com faturamento de R$ 3 bilhões.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago