Economia

Com comércio fechado, empresários projetam demissões e pedem ajuda

Crédito: Paulo Pinto/FotosPublicas

O encontro da rua 25 de Março com a Ladeira Porto Geral, ponto forte do comércio paulista, com as lojas fechadas (Crédito: Paulo Pinto/FotosPublicas)

Com a covid-19 atingindo o pico mais uma vez neste início de mês, os governadores e prefeitos estão endurecendo as medidas de proteção contra a covid-19 e alguns setores econômicos já projetam o aumento de desempregados e falências.

A resposta do governo Jair Bolsonaro à crise é lenta, uma vez que a economia está desprotegida contra a quebradeira que se desenha nos próximos meses. O acesso ao crédito e programas de manutenção do emprego, por exemplo, são medidas que foram adotadas no início da pandemia, ainda em 2020, mas não retornaram para o horizonte do governo neste início de ano. A vacinação, que também desafogaria a população infectada, está longe de atingir grande parte da população.

+ Ceará dará auxílio de R$ 1000 para profissionais de restaurantes desempregados
+ Deputados falam em reduzir medidas de ajuste fiscal do texto da PEC do auxílio
+ Ministro do TCU suspende regras para mercado de ônibus e derruba 11 mil linhas

Em entrevista ao jornal Folha de SP, o presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Percival Maricato, afirmou que, além de medidas de contenção econômica, o governo precisa montar programas de saneamento das companhias.

Segundo Percival, os estabelecimentos estão com o caixa completamente restrito e acumulando dívidas com bancos, proprietários de imóveis, fornecedores, além das contas de energia, IPTU e outros impostos que chegam mensalmente.

Dois pontos ampliam o temor do setor produtivo: em julho, o governo publicou um decreto que permitia a prorrogação do programa de suspensão de contrato de trabalho e corte de jornada. O prazo máximo da medida era de suspender os contratos por 120 dias, com a condição de que o empregador mantivesse o empregado trabalhando pelo mesmo período após o fim da suspensão.

Quem entrou no programa em julho do ano passado, por exemplo, precisa manter o funcionário empregado até o fim do mês de março. Após o período, o funcionário pode ser demitido, se o empregador não tiver como pagar seu salário.

Outro ponto de temor é o fim do prazo de carência do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe). A medida contava com uma carência de oito meses para que os empresários iniciassem os pagamentos e esse prazo se esgota exatamente neste mês.

Um levantamento feito pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) aponta que o comércio paulista deve registrar uma perda de R$ 11 bilhões em março – mais da metade somente na capital do estado. A situação é semelhante ao que aconteceu com o setor em abril e maio do ano passado, quando o cenário da pandemia era tão grave quanto agora.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

Tópicos

Abrasel ajuda do governo federal bh vai ter lockdown Bolsonaro cartorio fecha na fase vermelha cartório funciona na fase vermelha comércio fechado como fica a fase vermelha em sp coronavírus correio fecha na fase vermelha correios abrem na fase vermelha correios fecham na fase vermelha correios funciona na fase vermelha correios funcionam no lockdown Covid-19 Crise econômica crise nos estados de 3 de março de 2021 decreto de lockdown sp decreto lockdown santa catarina decreto lockdown sp decreto nº 65.545 demissão em shoppings diario oficial de sp Doria doria hoje Eduardo Leite fase vermelha fase vermelha em santos fase vermelha rj Fecomércio governo do parana governo federal horario dos bancos na fase vermelha lockdown lockdown abc lockdown baixada santista lockdown bauru lockdown brasil hoje lockdown curitiba lockdown em novo hamburgo lockdown em pelotas rs hoje lockdown em pernambuco lockdown em salvador lockdown em santa catarina lockdown mato grosso do sul lockdown natal rn lockdown no paraná lockdown parana lockdown pelotas lockdown pelotas rs lockdown porto alegre hoje lockdown pr lockdown rn lockdown rs lockdown santa maria lockdown santa maria rs lockdown sp lockdown vitoria es loterica abre na fase vermelha motel fecha na fase vermelha motel pode abrir na fase vermelha noticias sobre lockdown o que abre e fecha no lockdown o que poderá abrir na fase vermelha o que vai ficar aberto no lockdown pandemia para que serve o lockdown prefeitura de caraguatatuba prefeitura de pelotas Pronampe quais comercios podem abrir na fase vermelha quais estados estão na fase vermelha quando comeca a fase vermelha em sp? quando começa lockdown em sp quando começa o lockdown quando começa o lockdown em sp quando começa o lockdown em sp 2021 Ratinho Junior shoppings de sp shoppings vão demitir? suspensão contrato de trabalho uber pode rodar no lockdown vagas de empregos