Economia

Com Bolsonaro, Guedes mostra que segue no governo e defende Auxílio

Crédito: Marcos Corrêa/PR

Para diminuir o ruído em torno da possível demissão de Paulo Guedes, Bolsonaro concedeu coletiva junto do ministro (Crédito: Marcos Corrêa/PR)

Apesar de todos os rumores apontando para a saída do ministro da Economia, Paulo Guedes, do governo federal, o presidente Jair Bolsonaro e Guedes concederam uma coletiva de imprensa na tarde desta sexta-feira (22) para diminuir qualquer tipo de ruído em torno do assunto.



Bolsonaro afirmou que “não faremos nenhuma aventura”, defendeu resultados econômicos, além de criticar a política de lockdown tomada pelos governadores para frear a covid-19. “O valor que chegamos [de R$ 400] para o benefício foi negociado dentro do governo”, indicou ele dizendo que o Auxílio Brasil é necessário para ajudar a camada de pessoas que sofre com a inflação.

+ Economia está ajustada, não tem solavanco, diz Bolsonaro após se reunir com Guedes

Em seguida, Guedes explicou todo o conflito em torno do malabarismo fiscal que o governo fez para bancar o Auxílio Brasil de R$ 400. Segundo o ministro, havia um plano para custear o novo programa social com parcelas de R$ 300 e acréscimo de R$ 100 saídos da reforma do Imposto de Renda. No meio do caminho, surgiu um “meteoro” com a dívida bilionária de precatórios, forçando o governo a rever o padrão de custeio do programa.

“Vamos inviabilizar os programas sociais? Não”, indicou ele. Para viabilizar o dinheiro o governo conversou com os presidentes da Câmara e do Senado, além do Supremo Tribunal Federal (STF) e a equipe econômica elaborou a PEC dos Precatórios, garantindo que os pequenos valores fossem assegurados, mas os maiores postergados. Com a economia nos pagamentos, sobraria dinheiro para turbinar programas sociais.



“Como a reforma do Imposto de Renda não avançou no Senado, perdemos a fonte e perdemos o dinheiro para pagar os R$ 300. O presidente chamou a atenção e disse que estava sem dinheiro para fazer um programa permanente”, explicou Guedes. Em sua avaliação, a inflação subiu e o poder de compra dos mais vulneráveis caiu, forçando o governo a gastar mais dinheiro para compensar essas perdas.

Sobre os quatro secretários de sua equipe, que saíram nesta quinta-feira (21), após o anúncio do Auxílio Brasil, Guedes minimizou. “Os secretários pediram para sair, é natural”, comentou. Para ele, aconteceu um conflito entre a ala econômica e a política do governo, com cada um dos agentes puxando a questão para o seu lado.

“Nós entendemos os mais jovens que dizem ‘olha, a linha é aqui, não pode furar o teto, mas entendemos os políticos que dizem ‘o teto é um símbolo de austeridade e compromisso com as gerações futuras, mas não vamos deixar milhões de pessoas passarem fome para tirar 10 em política fiscal e tirar zero em assistência aos mais frágeis’”, complementou.


Veja também
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Motorista deixa carro Tesla no piloto automático e dorme em rodovia de SP
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Lago Superior: a melhor onda de água doce do mundo?

Tópicos

Abras ações alta do dólar Apple Arthur Lira Associação Brasileira de Supermercados auxilio brasil auxílio brasil 2022 Auxílio Brasil 30 bilhões Auxílio Brasil anúncio Auxílio Brasil baixas na equipe econômica Auxílio Brasil Bolsonaro anuncia nesta quarta auxílio Brasil extra-teto auxílio Brasil fonte Auxílio Brasil Funchal Auxílio Brasil guedes Auxílio Brasil João Roma Ministro da cidadania Auxílio Brasil manobra teto de gastos Auxílio Brasil novo Bolsa Família 2022 Auxílio Brasil o que muda Auxílio Brasil parte fora do teto Auxílio Brasil por que o governo recuou Auxílio Brasil quando será anunciado Auxílio Brasil quem não está de acordo Auxílio Brasil valor AUXÍLIO BRASIL/BOLSONARO/VALOR/CONFIRMAÇÃO/GUEDES AUXÍLIO BRASIL/TETO/MUDANÇA/SECRETÁRIOS/EXONERAÇÃO auxílio eleições 2022 auxílio prorrogação auxílio temporário 2022 Banco Central BC BC vende dólares BC/FOCUS/DÓLAR Bolsa Família bolsa família auxílio 2022 bolsonaro agora Bolsonaro Guedes bolsonaro hoje Brasil Bruno Funchal Câmbio câmbio Auxílio Brasil Câmbio Guedes fura teto câmbio hoje câmbio outubro câmbio previsão câmbio teto de gastos guedes Campos Neto cartão CBIC cenário político Ciro Nogueira Como calcular a paridade de uma moeda? Como calcular câmbio de moeda? como investir na bolsa como se faz a cotação do dólar Copom Copom dólar Crise chinesa debandada de secretários economia dinheiro dólar dólar agora dólar bolsonaro dólar cotação dólar em real hoje dolar hoje dólar política dólar real dólar teto de gastos Encontro Nacional da Indústria da Construção Evergrande evergrande dólar fed dólar Gildenora Dantas governo furou teto de gastos GUEDES guedes abras guedes demissão guedes pediu demissão? Hugo Motta Ibovespa inflação Jair Bolsonaro Jeferson Bittencourt João Roma leilão de dólares leilão do BC Mercado financeiro Ministério da Economia Ministro da Cidadania moeda moeda digital moeda norte-americana Nasdaq Netflix mercado financieiro novo bolsa família o que é teto de gastos? Onde posso fazer câmbio de moeda? Palácio do Planalto papel-moeda Paulo Guedes PEC dos precatórios PIX Popularidade Bolsonaro precatórios dólar presidente do BC proposta de distribuição de renda 2022 qual a diferença entre dólar turismo e comercial qual a influência da política no dólar Qual a taxa de câmbio de dólar para real? qual cotação dólar usando para e-commerce qual dólar usado em transações Qual é a taxa de câmbio do Brasil? Qual o câmbio hoje? quando começa Auxílio Brasil quanto vale um dólar hoje queda quem paga o Auxílio Brasil? Rafael Araujo real renda brasil 2022 risco fiscal Rodrigo Pacheco secretário do Tesouro Nacional secretário especial do Tesouro e Orçamento Selic taxa de juros Tesouro teto de gastos União Europeia Vale