Giro

Com aumento da taxa de transmissão no Rio, comitê sugere fechamento de praias

O Comitê Científico da Prefeitura do Rio, formado por especialistas para discutir o combate à pandemia do coronavírus, sugeriu o retorno de algumas medidas que visam ao afastamento social. O motivo é o aumento na taxa de contágio nas últimas semanas.

Dentre as medidas propostas estão a proibição da permanência de pessoas na praia e mesmo os banhos de mar.

Eventos em geral seriam proibidos, sejam eles sociais ou feiras de negócios e exposições.

As aulas presenciais em escolas e creches municipais seriam novamente suspensas. O comércio poderia permanecer aberto, mas não poderia abrir antes das 11 horas.

Todas essas medidas foram debatidas em reunião realizada pelo comitê na quarta-feira, 2.

Segundo a ata do encontro, representantes de hospitais privados do Rio alertaram sobre o aumento da procura por internações nas últimas quatro semanas. Na rede municipal, o crescimento na busca por atendimento foi “exponencial”.

Eventual retorno de medidas de distanciamento, porém, ainda dependem de decisão da Prefeitura do Rio. Ao jornal O Estado de S. Paulo, o governo municipal informou que “a situação de covid é monitorada permanentemente” e que, “havendo decisões a serem informadas, a Prefeitura prontamente divulgará”.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel