Negócios

Com atriz global de sócia, Sorridents busca faturar R$ 450 milhões

Crédito: Divulgação

Giovanna Antonelli, atriz e fundadora da GiOlaser (Crédito: Divulgação)

A rede de franquias odontológicas Sorridents estabeleceu um plano ousado de crescimento para 2018. Fundamentado em fusões e aquisições, o grupo espera romper as barreiras de seu mercado para além da odontologia e faturar aproximadamente R$ 450 milhões este ano.

O primeiro passo será anunciado na tarde desta terça-feira, 27, em evento que contará com a participação da global Giovanna Antonelli. Além de ser a nova garota propaganda da franquia, a atriz acabou de fechar uma fusão de sua rede de clínicas de estética GiOlaser com o grupo de Carla Sarni, fundadora da Sorridents.

Sorridents
Carla Renata Sarni, fundadora da Sorridents: rede de franquias odontológicas está de malas prontas para desembarcar nos Estados Unidos (Crédito:Patrícia Araújo)

Os valores do negócio não foram abertos. Mas, Carla adiantou que o faturamento da rede da artista, que conta com 13 clínicas, gira em torno de R$ 7,5 milhões anuais. A meta é dobrar esse valor até o final do ano.

O namoro começou com uma proposta de trabalho. Carla queria que Giovanna fosse a garota propaganda de sua rede. Conseguiu. Giovanna, por outro lado, queria um parceiro para expandir e ofereceu a fusão para Carla.

“Vimos uma sinergia muito grande entre os dois negócios”, conta a empresária. “Começamos uma negociação no final do ano passado e fechamos esse mês.”

Agora, Carla se concentra em outros passos de seu plano, que ainda não se concretizaram, para conseguir alcançar esse faturamento de R$ 450 milhões.

O grupo negocia com duas empresas de odontologia, que somadas, podem elevar em R$ 70 milhões às receitas da holding. Além disso, no próximo mês, será inaugurada a clínica de oftalmologia Olhar Certo, que poderá abrir franquias a partir de setembro. Somado a tudo isso, a empresária espera que seu principal negócio, as clínicas odontológicas da Sorridents, fature este ano R$ 340 milhões. “Queremos nos tornar o maior grupo de franquias de saúde, beleza e bem estar do País”, diz.

Apesar de surgirem novas fronteiras para o grupo, a empresária não deixou de lado seu principal negócio. Atualmente, com 200 clínicas no Brasil, sua missão é levar para os Estados Unidos uma unidade da Sorridents.

O problema, segundo ela, é encontrar o ponto perfeito, em Orlando, na Flórida, para garantir o sucesso do empreendimento. “Preciso de um lugar que seja perfeito, que apresente o modelo da Sorridents para o americano”, afirma Carla. Sua expectativa é que isso aconteça até o final de 2018.

Veja também

+Caixa paga hoje (13) auxílio emergencial para nascidos em maio

+Soros produzidos por cavalos têm anticorpos potentes para covid-19

+ Avó de Michelle Bolsonaro morre após 1 mês internada com covid-19

+ Nazistas ou extraterrestres? Usuário do Google Earth vê grande ‘navio de gelo’ na costa da Antártida

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?