Edição nº 1146 11.11 Ver ediçõs anteriores

Somos todos de tecnologia

Tecnologia é cultura e entender cultura é um trabalho fundamentalmente humano

Consumidor conectado, exigente e ansioso

Altamente digitalizado, pressionado por uma montanha de informações, consumidor desconfia das organizações e da propaganda

A marca de uma nação

Alterar a imagem de um país exige algo mais substancial do que o design gráfico, publicidade ou campanhas de relações públicas

Temos muito a aprender sobre marketing

Novas teorias entram em conflito com a sabedoria convencional da área

Conciliando consumo e valores pessoais

O consumidor está muito mais consciente, não apenas no sentido ambiental, mas também no social e identitário


Sobre o autor

Conselheira de administração, mercadologista, mestre em consumo e doutora em comunicação, Cecília Andreucci é especialista em estratégias corporativas e mercadológicas. Com mais de três décadas como executiva em empresas nacionais e multinacionais, em especial nos segmentos de consumo, varejo e consultoria. É professora universitária em programas de pós-graduação