Edição nº 1087 14.09 Ver ediçõs anteriores

Serena Sutcliffe, a referência em leilões de vinho

A inglesa Serena Sutcliffe é a presidente honorária da Sotheby’s Wine, a divisão de vinhos da mais famosa empresa de leilões do mundo, com sede em Londres, Inglaterra. Ela chegou à Sotheby’s em 1991, depois de uma sólida carreira no mundo do vinho. Em 1976, ela se tornou a segunda mulher a conquistar o cobiçado […]

Sem a perseverança de María Luz Marín, não haveria os vinhos de Lo Abarca

Lembro do jornalista chileno Patricio Tapia, que elabora o guia “Descorchados”, me falando para prestar atenção em María Luz Marín, uma enóloga que estava fazendo coisas “diferentes” próximas ao Oceano Pacífico. Isso foi no início dos anos 2000 e o projeto da Casa Marin ainda era muito incipiente, na proposta de mostrar um outro perfil […]

Aos 85 anos, Lalou Bize-Leroy é a grande dama da Borgonha

Há duas unanimidades sobre Lalou Bize-Leroy, que pode ser chamada da grande dama da Borgonha. A primeira diz respeito a seu gênio, dificílimo. A segunda é a sua competência em elaborar alguns dos melhores vinhos da Borgonha: seus brancos e tintos da Domaine Leroy estão entre os mais cobiçados entre os apreciadores e atingem preços […]

Susana Balbo divide-se entre política e vinho na Argentina

A enóloga argentina Susana Balbo divide seu tempo entre a política e o vinho. Dona da vinícola que leva seu nome em Lujan de Cuyo, Susana é desde 2015 deputada nacional por Mendoza. Antes, ela já exercia papel político, mas no mundo do vinho, como presidente da Wines of Argentina, associação que representa o setor […]

Cecilia Torres, a pioneira nos vinhos chilenos

O Casa Real, da Viña Santa Rita, é um dos grandes vinhos de Chile. E este tinto era elaborado, até um ano atrás por uma mulher, a enóloga Cecilia Torres. Foi ela quem lançou a primeira safra deste cabernet sauvigon, em 1989, muito antes de surgirem muitos dos grandes tintos do país andino. Em 2009, […]

Sandra Tavares e Susana Esteban são exemplos da amizade no vinho

Difícil escolher qual história contar neste dia 8 de março, o Dia Internacional das Mulheres, nesta série delas e o vinho. São tantas mulheres pioneiras, guerreiras e interessantes, que merecem ser homenageadas. Acabei elegendo uma dupla: a portuguesa Sandra Tavares e a espanhola Susana Esteban. E explico as razões. Amigas de vinhedo, desde quando as […]

Madame Clicquot, a primeira dama do champanhe

A imagem de Barbe-Nicole Clicquot Ponsardin, estampada nas tampas que fecham as garrafas de champanhe, é clássica no mundo do vinho. É um reconhecimento do trabalho de Barbe-Nicole, que ficou viúva aos 27 anos, e trouxe muitas revoluções na maneira de elaborar e vender os espumantes franceses, isso no início do século 19. A mais […]

Ludivine Griveau, a enóloga do Hospice de Beaune

O Brasil entrou na rota da enóloga francesa Ludivine Griveau. Nos últimos dois anos, ela visitou o nosso País para divulgar o leilão e os vinhos do Hospice de Beaune, instituição de caridade na Borgonha, que tem os seus quase 60 hectares de vinhedos como principal patrimônio. Ludivine é a primeira mulher a assumir este cargo. […]

Patricia Atkinson, uma inglesa nos vinhedos franceses

“The Ripening Sun” foi o primeiro livro que eu li sobre as mulheres no mundo do vinho. Isso foi por volta do ano 2004, talvez 2005 (o meu exemplar foi impresso em 2003). E nunca esqueci da história de perseverança da inglesa Patricia Atkinson, dona do Clos d’Yvigne. Sua história é emocionante: em 1990, ela […]

Jancis Robinson é “A” mulher do vinho

A inglesa Jancis Robinson é a mulher mais importante do mundo do vinho da atualidade e merece lugar de destaque nesta série em homenagem às mulheres do vinho e suas histórias. Jancisrobinson.com, o site que leva seu nome, é uma das melhores referências para quem quer estar atualizado sobre este segmento tão peculiar. Jornalista, ela […]

X

Copyright © 2018 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.