Edição nº 1088 21.09 Ver ediçõs anteriores

Elena Walch, a arquiteta italiana que virou enóloga

  A arquiteta italiana Elena Walch nunca pensou em ter um vinhedo e muito menos em ter os vinhos, com o seu nome estampado nos rótulos, reconhecidos pela crítica internacional. Sua aventura neste mundo começa com o convite para restaurar um castelo renascentista no Alto Adige, norte da Itália, rodeados de vinhedos. Durante as obras, […]

Véronique Drouhin garante o estilo dos borgonhas

Véronique é a guardiã do estilo de maison francesa Joseph Drouhin. É assim que o site desta tradicional vinícola da Borgonha define sua principal enóloga. Formada em enologia na Universidade de Dijon no final da década de 1980, ela é a única mulher entre os quatro irmãos, representantes da quarta geração desde produtores franceses, e […]

Há dez associações de produtoras de vinho na França

Há na França pelo menos dez associações de mulheres ligadas ao mundo do vinho. Agrupadas no guarda-chuva Le Cercle des Femmes de Vin, elas têm uma pauta ampla de assuntos que a levaram a se reunir: desde pensar em ações contra o machismo na atualidade, dividir problemas comuns e pensar em soluções para eles, até […]

A feira de vinho Expovinis é descontinuada

Prevista para junho e com espaço reservado no ExpoCenter Norte, a Expovinis, até então a maior feira de vinhos da América do Sul, não mais acontecerá neste ano. A decisão de descontinuar o evento, que chegaria a sua 22a edição, foi tomada três semanas atrás. “Uma feira não é capaz de inventar um mercado. Ela […]

Lorenza Sebasti traz os artistas plásticos para os vinhos

Com referências históricas na Toscana desde o século 12, o Castello di Ama ganhou uma nova imagem graças à proprietária Lorenza Sebasti. À qualidade dos vinhos (Ama já foi vinícola do ano, pelo Gambero Rosso, por exemplo), somaram as obras de artistas contemporâneos, como Michelangelo Pistoletto , Cristina Iglesias e Anish Kapoor, espalhadas pelo vinhedo […]

A polivalente Laura Catena e seu trabalho nos vinhos argentinos

Desde quando li o primeiro livro de Laura Catena – Vino Argentino –, me pergunto como ela consegue tempo para fazer tantas coisas e com tanta qualidade. Formada em biologia, pela universidade de Harvard, e em medicina, em Stanford, desde 2007, a filha mais velha de Nícolas Catena é diretora-geal da vinícola Catena Zapata, o […]

Fabiana Bracco é uma embaixadora do vinho uruguaio

Há quem diga que é a simpatia; outros que é a desenvoltura em seis idiomas. Há aqueles, ainda, que acreditam que é o seu conhecimento do mercado de vinhos e, outros, que são a qualidade dos seus tintos. Eu acho que são todas estas as razões que, juntas, ligam Fabiana Bracco aos vinhos uruguaios de […]

A independência de Filipa Pato

A portuguesa Filipa Pato poderia ser “apenas” a filha de Luis Pato, o competente e simpático enólogo que soube “domar” a rústica baga. Mas Filipa queria mais do que se formar em enologia e um dia assumir os vinhedos da família, na Bairrada. Independente, ela foi estudar no exterior, fez estágios em vinícolas na Argentina, […]

Lis Cereja colocou os vinhos naturais na pauta

Dez anos atrás, a Enoteca Saint Vin Saint nasceu do sonho de Lis Cereja de ter um wine bar com vinhos naturebas. A importação não deu certo, mas o pequeno e aconchegante restaurante abriu já com vários vinhos brasileiros na carta. Surpreendeu. Dois ou três anos depois, Lis ousou um pouco mais e decidiu só […]

Féminalise é um concurso de vinhos apenas com juradas

Nesta série de artigos sobre histórias de mulheres no mundo do vinho, a personagem de hoje não é uma mulher, mas um concurso: o Féminalise. O evento, que chega a sua 12ª edição, no próximo dia 5 de abril, em Paris, França, terá 600 mulheres juradas, de 23 nacionalidades diferentes. Elas vão avaliar mais de […]

X

Copyright © 2018 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.