China, Irã, eleição americana: segue o jogo em 2020

Começo de ano sempre é um momento de revisão e reflexão. Olhar o que ficou para trás e passar a limpo erros, acertos e aprendizados. Para os investidores em Value Investing, 2019 deixa saudades – mas é claro que 2020 promete ser um belo ano. O ambiente global de taxas de juros baixas ainda vai […]

O Castelo de Cartas da Netflix

A criação da Netflix talvez tenha sido uma das sacadas mais geniais da década passada. Na verdade, a empresa nasceu no final dos anos 90 e decolou com o modelo de aluguel de DVD no início dos anos 2000. Foi um dos fatores que levou ao fim das populares vídeo-locadoras – entre elas a famosa […]

O que o ministro da Economia falou sobre o dólar – e o que Trump quis entender

Sempre me considerei um economista razoável, mas obviamente não sou dono da verdade. E tento ficar distante de fazer previsões nas áreas de câmbio, juros e bolsa – simplesmente não tenho esse talento. Também estou longe de ser um acadêmico. Dito isso, não posso ignorar meus mais de 25 anos de atuação no mercado financeiro. […]

A arrumação de casa da Bed Bath & Beyond

Quando mudei com minha família para Nova York no início dos anos 2000, alugamos um apartamento e tivemos que comprar absolutamente tudo, de toalhas de banho e panelas até a lixeira da cozinha. Foi quando me perguntei: onde encontrar tudo que preciso para montar uma casa em um lugar que seja conveniente, com variedade de […]

Boeing: o bom, o ruim e o feio

Sempre admirei a Boeing. Talvez por ter passado boa parte da minha vida profissional em aviões, racionalizei o medo de voar estudando como eles funcionam e descobrindo como são extraordinários todos os processos relativos ao setor, da produção e pilotagem à manutenção dessas engenhocas. Por uma questão pessoal, sempre dediquei mais tempo a estudar os […]

Bitcoin e Value Investing: Perfeitamente (In) Compatíveis?

Warren Buffet é um homem de hábitos curiosos e triviais. Mora na mesma casa comprada em 1958, na pequena cidade de Omaha, no Nebraska. Seu café da manhã é basicamente um sanduíche do McDonald’s ou um simples pacote de bolachas Oreo. E, nos últimos 20 anos, religiosamente, ele oferece anualmente em leilão um de seus […]

A pilha de dinheiro da Apple (e por que vale a pena estar nela)

Duzentos bilhões de dólares. Esse é o tamanho do caixa e equivalentes reportados pela Apple no seu último relatório trimestral. Para relativizar, o maior hedge-fund americano, o famoso Bridgewater, tem US$ 160 bilhões em ativos sob gestão. O fundo benchmark de renda fixa da Vanguard, uma das maiores gestoras de fundos dos Estados Unidos, tem […]

Do novo colunista da Dinheiro: As lições de Warren Buffett e a arte do Value Investing

Em 1986, em uma carta aos acionistas do Berkshire Hathaway, Warren Buffet escreveu: “Vocês podem pensar que as instituições financeiras, com suas equipes enormes de investidores profissionais bem remunerados e experientes, trariam estabilidade e razão aos mercados financeiros”. Em seguida, ao seu estilo, concluiu: “Pelo contrário: as ações maciçamente compradas e monitoradas por essas instituições […]


Sobre o autor

Norberto Zaiet é economista formado pela Universidade de São Paulo e com MBA pela Columbia Business School, em Nova York. Depois de passagens como executivo pelo banco alemão WestLB e pelo português Banco Espírito Santo de Investimento (BESI), Zaiet foi CEO do Banco Pine. Hoje vive em Nova York, onde é sócio-fundador da gestora de investimentos Picea Value Investors. Com foco no conceito de Value Investing, a Picea Value Investors nasceu em 2019 com alcance global e atuação principal no mercado de ações norte-americano. Mais informações em www.piceavalue.com


Mais colunas e blogs

Copyright © 2021 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.