Edição nº 1095 09.11 Ver ediçõs anteriores

As incertezas do capital

Há um termômetro absolutamente infalível no que se refere à credibilidade de uma economia: o investimento externo. Ele é tanto maior e diretamente proporcional à sensação de estabilidade e perspectiva de retorno de um determinado mercado. Nesse capítulo ocorreu, como todos sabem, uma inversão de expectativas no tocante ao Brasil. Os números agora vêm para […]

Trump faz seu jogo

Definitivamente, o presidente norte-americano, Donald Trump, estabeleceu uma nova ordem mundial onde ele quer ser o centro de tudo e senhor do jogo, a despeito do que pensam e almejam seus parceiros. Nos últimos dias, o “líder do mundo livre” deu sinais inéditos e ousados na política externa, de maneira a surpreender críticos e aliados. […]

A desobediência geral

Entrou em curso por esses dias o não cumprimento de determinações federais. A nova política dos combustíveis, em especial do diesel, incitou a desobediência aberta. Quase ninguém cumpre o acertado. Uns alegam que ainda estão vendendo o estoque antigo. Outros falam que as refinarias não repassaram a redução prometida. Há aqueles que apontam as distribuidoras […]

O custo do caos

Será impossível fazer no curto prazo a contabilidade das perdas causadas por aquele que foi talvez o mais traumático apagão logístico operacional vivido no País em sua história. Mas alguns números assustadores demonstram que a conta é bilionária e vai muito além das concessões oferecidas pelo Governo, contaminando indiscriminadamente inúmeros setores. Aos benefícios de isenção […]

Chorai pela Venezuela

Ilegítimo, autoritário e deprimente, o processo eleitoral que reconduziu Nicolás Maduro para mais uma longa temporada à frente do poder na Venezuela torna ainda mais aguda – se é possível! – a crise naquele país. O assustador nesse processo é verificar a quase apatia das demais nações, parceiras ou não, que nada mais fazem do […]

O passado bate à porta

A Argentina volta a viver um velho pesadelo. Parece replay. O câmbio entra em parafuso. Os juros vão à lua – na semana passada alcançaram a indecente taxa de 40% no mês. A inflação reacende. A incerteza retorna à rotina. E, para completar, o Governo teve que bater na porta do FMI pedindo socorro, após […]

Crescer ou ajustar, qual o caminho?

Eis o dilema que toma conta dos analistas de mercado por esses dias: como destravar a economia sem comprometer o ajuste fiscal. Nas duas vertentes, soluções e diagnósticos diferentes são apontados. Muitos acham que a economia só irá andar mais rápido com investimentos públicos, o que afeta significativamente a meta de controle dos gastos. Outros […]

É a política, claro!

Bateu o desespero monetário na ponta do câmbio. O dólar começou a dar saltos ornamentais, com cotações recordes que levam a moeda brasileira a valer quase o mesmo do verificado nos tempos das vacas magras, há dois anos, em plena recessão aguda. Não há absolutamente nenhuma mudança concreta nos fundamentos macroeconômicos que justifiquem essa virada. […]

A bomba fiscal

Em ano de eleição não poderia se esperar outra coisa. Está sendo armada e prestes a explodir uma bomba fiscal de efeito devastador e duradouro. Atende por emendas ao orçamento o penduricalho da vez. Dezenas de projetos de renúncia fiscal estão na fila de votação do Congresso – encaminhados, em boa parte, pelas vossas excelências […]

A cruzada do Banco Central

O guardião da moeda partiu para aquela que será talvez a sua mais ardorosa batalha: impor juros baixos nas mais diversas linhas de financiamento, nas taxas de mercado, nas praticadas na ponta do tomador. Não apenas o juro Selic, que serve de referência, ficará a valores atrativos. Essa é a promessa. Difícil será cumpri-la. Durante […]

X

Copyright © 2018 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.