As ameaças do AI-5 digital

O Cerrado Brasileiro, com seu clima árido e seco no inverno, é um local propício para alucinações. Talvez seja essa a razão para os deputados do Congresso Nacional gastarem seus vernáculos com propostas que atentam contra a razão e o Estado de Direito. A mais recente alucinação coletiva aconteceu na CPI dos crimes cibernéticos. Seu […]

O grito da produção

Empresários de todo o País aguardam por um desfecho o quanto antes da crise política. Centenas de associações e federações juntaram forças na semana passada para uma espécie de grito de socorro. Pediram o impeachment da presidente Dilma. De maneira clara, direta, sem meias palavras, como poucas vezes se viu no passado, elas apontaram esse […]

Barbosa quer voltar a pedalar

O Governo perdeu as estribeiras e os limites da responsabilidade fiscal. Acaba de anunciar a previsão de um rombo devastador, de R$ 100 bilhões, nas contas de 2016. Muito além dos já temerários R$ 60 bilhões, estimados inicialmente. E o que é pior: o número pode subir bem mais no andar da desastrada administração em […]

O plano irresponsável

O ex-presidente Lula, no seu afã de retorno ao poder, sacudiu para baixo os mercados por uma razão elementar. Mesmo não sendo alocado diretamente na cadeira de ministro da Fazenda, o plano petista é fazer dele o gestor de uma nova temporada de gastos irresponsáveis, pilotando à distância a pasta e reeditando a chamada “matriz […]

O PIB não quer mais Dilma

A crise política esvaziou a agenda econômica. Na verdade, a colocou de ponta-cabeça. Não há mais propostas em andamento. O ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, sumiu. Não tem sequer apoio para encaminhar medidas elementares ao Congresso, que travou a pauta de votações e só planeja retomá-la depois de avaliado o impeachment. Reina o caos na […]

Abandonaram a economia

A economia brasileira, como a não merecer qualquer atenção do Governo, segue uma via-crucis deprimente. Na semana passada, o desastre do PIB em 2015, com queda de quase 4%, foi confirmado. E segue para um desempenho semelhante, se não pior, neste ano. A produção industrial, em ritmo de paralisia quase total, perdeu estupendos 6% de […]

Lá vêm mais pedaladas

Na criativa engenharia financeira do Governo para cobrir rombos em cascata e se financiar com dinheiro que não é seu, está sendo urdida mais uma tramoia. A equipe econômica passou a defender o uso de precatórios para melhorar o resultado das contas. Os precatórios são os pagamentos que a União deve fazer por determinação judicial. […]

Dilma desiste da economia

Ao que tudo indica, Dilma desistiu de governar a economia. Empurrou para o final de março a decisão sobre qualquer proposta de ajuste e, até lá, deixa o barco correr. Sem rumo, ao sabor das circunstâncias (que não são nada boas). À espera, quem sabe até, de um milagre. É a esculhambação geral! O governo […]

Gambiarras orçamentárias

Agora é oficial: o Governo não pensa em manter o compromisso fiscal estabelecido para este ano. Sequer demonstra compromisso em pagar as dívidas e reduzir o déficit. Ao contrário: a reforma fiscal em estudo, que ele deseja enviar ao Congresso até abril, trata – claro! – de mais impostos e de um “desconto” da queda […]

A banda vai atravessar a meta fiscal

Sai do bolso do ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, a mais nova e mirabolante ideia para convencer a turba de que o Governo quer fazer a sua parte. Depois das pedaladas fiscais – urdidas em conversas palacianas nas quais Barbosa também participou – vem aí a banda fiscal. Isso mesmo! Tal qual a banda da […]


Sobre o autor

Carlos José Marques é diretor editorial da Editora Três e escreve semanalmente os editoriais da revista DINHEIRO

Copyright © 2020 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.