Edição nº 1096 15.11 Ver ediçõs anteriores

O desatino de Macri

Na Argentina o aperto só aumenta. O presidente Mauricio Macri subiu mais um degrau na escalada de sacrifícios impostos aos seus conterrâneos. Adotou um pacote de medidas de austeridade que contempla a receita ortodoxa de mais aumento de impostos e corte de gastos. Até a atividade de exportações foi atingida, amplificando as fraquezas da indústria […]

O tabuleiro comercial de Trump

Donald Trump, o bedel das confusões que assusta o mundo, “trucou” de novo. Fechou o acordo do Nafta entre o seu país e o México para aliviar as tensões no plano comercial. Foi uma volta atrás no que ele defendia antes em relação a essa parceria. Mas o estratégico movimento sinalizou uma busca de aliados […]

A Coca-Cola vai embora?

Surgiu como uma bomba, logo negada, mas serviu ao intento do fabricante e dos demais produtores locais da Zona Franca de Manaus. Contra o decreto presidencial que muda bruscamente o regime tributário de compensações fiscais naquela plataforma, a gigante Coca-Cola teria dito que abandonaria o País. Reportagem da Folha de S. Paulo trazia a ameaça […]

O tsunami Erdogan

A Turquia faz tremer o mundo, Brasil incluído, e assim os emergentes em especial voltam a ser varridos por uma onda de desconfiança. Trump é o dono da cabeça a maquinar sabotagens contra essas economias. No passado recente ele aplicou sobretaxas a vários mercados, numa tática tão protecionista como ilegal. Agora volta ao confronto com […]

A bomba da dívida pública

Aproxima-se o momento da verdade. Mais cedo ou mais tarde o Brasil vai ter de se deparar com as suas contas públicas e encontrar uma saída para o rombo que está se armando. Não existem mais dúvidas: mesmo que o futuro Governo, a ser eleito em novembro próximo, cumpra em 2019 o teto dos gastos […]

Sinais de otimismo

Saiu o primeiro sopro de alívio e otimismo no ambiente produtivo do País. O índice que mede a confiança empresarial, calculado pela Fundação Getulio Vargas, acaba de registrar um avanço de 0,9 ponto entre os meses de junho e julho, alcançando, em uma escala de zero a duzentos pontos, o patamar de 91,6. É algo […]

A principal agenda eleitoral

Não há como fugir do óbvio, os presidenciáveis terão de apresentar logo ideias e alternativas para enfrentar a fragilidade econômica que se acentua. O simples congelamento das reformas por tempo além do suportável — por motivos alheios ao mercado e muito mais ligados aos caprichos de uma classe política que só enxerga o próprio umbigo […]

O estrago irreparável da greve

Saiu a conta do desastre criado no País com a paralisação dos caminhoneiros. E ela é pesada, difícil de contornar e com reflexos generalizados e de longo prazo até ser superada – o que ninguém sabe ainda quando. Na prévia do PIB de maio, mês da greve que durou uma semana, o índice encolheu cerca […]

Farra parlamentar

Parece uma sina da qual o País nunca consegue escapar. Em ano eleitoral é sempre a mesma coisa: parlamentares correm a aprovar projetos custosos com o dinheiro da viúva para agradar eleitores e possíveis simpatizantes a candidaturas partidárias. É uma vergonha votada a céu aberto, sem que ninguém se dê conta ou busque instrumentos para […]

O plano econômico dos presidenciáveis

Vai encurtando o tempo até as eleições e ainda pairam dúvidas enormes sobre o que cada um dos candidatos ao Planalto pretende fazer, especialmente na economia, quando chegar lá. As convenções partidárias ocorrem dentro de poucas semanas. Os nomes serão formalizados e o ponto de interrogação persiste sob o aspecto programático. Está evidente para todo […]

X

Copyright © 2018 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.