Orçamento, prioridade número um!

Passada a transição de governo, a absoluta prioridade do Congresso deverá ser a aprovação imediata de um orçamento público em bases mais enxutas. Não há nada tão urgente quanto isso no horizonte de um País vítima de anos de recessão e de um caixa federal estourado por conta de gestões temerárias na era Dilma. A […]

O custo das estatais do PT

Saiu a conta da escabrosa estratégia de governos petistas de criar estatais desnecessárias. E ela é vergonhosa. Soma um rombo de quase R$ 8 bilhões em 13 anos. Dinheiro que deixou de ser aplicado em áreas vitais como saúde e educação para financiar projetos de controle idealizados pelo partido e que atenderam muito mais ao […]

A ameaça no caixa dos Estados

A economia brasileira joga uma partida decisiva na renegociação da dívida dos estados. Saiu um acordo preliminar com a aprovação do projeto de lei pela Câmara dos Deputados. Mas não é o ideal. Políticos ainda teimam na gastança. Insistem em ignorar princípios básicos de disciplina fiscal que pressupõem, por exemplo, tetos para aumentos. Estabeleceram na […]

O bom sinal da construção

Alguns setores econômicos, pelo tamanho da engrenagem de fornecedores envolvidos, pelo peso no PIB e pelo volume de empregos que gera, são determinantes na sinalização da saúde de um país. Dentre eles, a construção civil deve definitivamente ser incluída. No Brasil, em especial, quando ela vai mal a recessão invariavelmente chega a galope. Foi o […]

As boas apostas para o Brasil

Expectativas positivas estão aumentando em torno da economia brasileira e isso, por si só, já é um grande avanço! Analistas refazem cálculos de indicadores monetários, do PIB e quetais. Multinacionais desengavetam projetos. Fundos anunciam uma temporada de investimentos pesados no mercado interno. Um leve reflexo na produção começa a ser notado. É o que se […]

May é a porta-voz dos separatistas

A tremenda bobagem em que se meteu o Reino Unido é ratificada com a ascensão de Theresa May ao cargo de primeira-ministra. May é o retrato bem acabado do retrocesso da globalização. Ainda em 2013 ela pregou no parlamento britânico medidas protecionistas como a exigência de visto a cidadãos brasileiros, por entender que boa parte […]

Venezuela não pode liderar o Mercosul!

Está em curso uma das maiores aberrações continentais de que se tem notícia. A caótica Venezuela está a um passo de assumir a presidência do Mercosul, consagrando dessa maneira o modelo político/econômico que nos últimos tempos executou cidadãos nas ruas, cassou direitos e espalhou o caos social com a escassez de mantimentos e serviços básicos […]

O arrependimento britânico

Passada a ressaca moral de um plebiscito emocional, o Reino Unido está arrependido. Assustado, destroçado, desolado com o impacto negativo da decisão sobre a sua economia. O respeitado semanário inglês The Economist chegou a classificar a escolha de 52 milhões de votantes como “um gesto de automutilação”. O veredicto desarticulou a aliança dos países do […]

O fim do aparelhamento estatal

 Há uma revolução em curso no plano das empresas estatais. Um projeto de lei, que contou com engajamento firme do governo Temer, visa coibir as indicações políticas para cargos chaves do setor público e chega para corrigir um antigo escracho praticado por governos passados, em especial do PT. O apadrinhamento de políticos e simpatizantes, com […]

O teto em nome da responsabilidade

Uma revolução começa a tomar forma no Brasil para reconduzir o orçamento público de volta ao trilho da disciplina fiscal. A ideia do governo de congelar o crescimento real das despesas dos três poderes por um prazo renovável até que se alcance a estabilidade na relação dívida/PIB deve ser saudada como demonstração inequívoca de compromisso […]


Sobre o autor

Carlos José Marques é diretor editorial da Editora Três e escreve semanalmente os editoriais da revista DINHEIRO

Copyright © 2020 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.