Edição nº 1108 15.02 Ver ediçõs anteriores

Rebaixado de novo

Mais uma agência de classificação de risco rebaixa o Brasil. A americana Fitch Ratings colocou o País na perspectiva negativa, a um passo da perda do selo de bom pagador. Dias antes, o ministro Joaquim Levy havia avaliado que o rebaixamento promovido pela agência Standard & Poor’s tinha sido “devastador” para as empresas nacionais. E […]

O Brasil isolado

O nascimento, na semana passada, do Acordo de Parceria Transpacífica, que cria um bloco monumental capaz de controlar 40% do PIB do mundo e reunir 12 países, entre eles os EUA e o Japão, pode ser visto como um grande desastre comercial para o Brasil. Isso porque, de uma maneira ou de outra, esse pacto […]

Arautos da gastança

Por um caminho que resvala a irresponsabilidade, vários setores do PT começaram não apenas a se insurgir contra o ajuste fiscal como também a pregar a volta da velha matriz econômica que praticamente quebrou o País. Para atender a seus anseios ideológicos e políticos de gastos sem fim, esses pregadores petistas invocam a reabertura das […]

A culpa do dólar alto é do governo

O dólar na estratosfera tem razões evidentes que todos conhecem: a profunda desconfiança no Governo, no ambiente político e nos fundamentos econômicos. Tudo junto e misturado está composto o coquetel de instabilidade que faz sangrar a moeda brasileira. Nunca antes na história do real ele valeu tão pouco frente ao dólar. E deva-se mais essa […]

Cortina de fumaça

Do ponto de vista meramente técnico, o pacote para cobrir o estouro orçamentário deixou de lado as principais distorções do sistema que alimentam brutalmente a conta. O uso do salário mínimo como indexador da Previdência e dos demais gastos sociais continua, por exemplo, em vigor. O governo hesita em encaminhar um projeto de reforma estrutural […]

As consequências do rebaixamento

Não foi por falta de aviso. A presidente Dilma, contrariando recomendações do próprio ministro da Fazenda, Joaquim Levy, teimou em enviar ao Congresso um orçamento para 2016 com déficit nas contas e antecipou, dessa maneira, algo que já se vislumbrava no horizonte: o rebaixamento do grau de investimento do Brasil por uma agência de risco, […]

A matriz da recessão

O plano do governo era o seguinte: incentivo ao consumismo, sem se preocupar com a inflação, caixa liberado para projetos do PAC que dessem visibilidade e loteamento de cargos e verbas para ampliar a bancada de apoio. O Estado financiou a “nova matriz econômica” petista e torrou toda a riqueza acumulada com a estabilidade do […]

Em busca de mais impostos

O Governo prepara o bote. Como não tem mais de onde tirar receita e a arrecadação vem caindo gradativamente pelo óbvio motivo da recessão econômica, ele tenta impor novos impostos. Ou aumentar os existentes. A estratégia ficou clara na semana passada em dois movimentos sutis. No primeiro, sob a alegação de simplificação tributária, ele levantou […]

A volta aos erros do passado

O Governo não perde o cacoete: retornou à velha política de conceder crédito subsidiado a determinados setores. Um remendo de política industrial que lá atrás descambou para gastos excessivos e desenvolvimento pífio do parque. Montadoras de automóveis, cooperativas agrícolas, empresas dos setores de construção civil e de petróleo e gás deverão ser contempladas com financiamentos […]

Algo de novo

Diante da apatia que contaminava empresas e agentes econômicos, o pacote de reformas e medidas sugerido pelo senador Renan Calheiros no que batizou de “Agenda Brasil” representou a melhor alternativa posta até agora à mesa. Ao menos, serviu para dar um novo prisma ao assunto crise que monopoliza a cena nacional. Nas palavras do presidente […]

X

Copyright © 2019 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.