Finanças

Cobre opera em alta, após dados positivos da China

O cobre opera com ganhos na manhã desta quarta-feira, com grande parte dos metais básicos em território positivo após a divulgação de dados melhores do que a previsão da China.

Às 8h45 (de Brasília), o cobre para três meses subia 0,88%, a US$ 7.009,50 a tonelada, na London Metal Exchange (LME). Às 9h04, o cobre para maio avançava 1,42%, a US$ 3,1825 a libra-peso, na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex).

Os metais básicos têm em geral uma jornada mais positiva nesta quarta-feira, após ficarem sob pressão nas últimas semanas. A produção industrial, as vendas no varejo e os investimentos em ativos fixos da China todos subiram no primeiro bimestre, na comparação anual. Com isso, o país continuou a confundir alguns analistas mais pessimistas em suas projeções para o início de 2018.

Os analistas do Commerzbank disseram que os dados estão por trás do avanço do contrato do cobre em Londres para além da marca psicologicamente importante de US$ 7 mil a tonelada. Os dados chineses também sinalizam um quadro mais robusto para a demanda do que muitos projetavam, segundo Matt France, da Marex Spectron.

Entre outros metais básicos negociados na LME, o alumínio subia 0,81%, a US$ 2.120 a tonelada, o zinco caía 0,70%, a US$ 3.275 a tonelada, o estanho tinha alta de 0,07%, a US$ 21.250 a tonelada, o níquel tinha ganho de 0,50%, a US$ 13.965 a tonelada, e o chumbo subia 1,63%, a US$ 2.436,50 a tonelada. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tópicos

metais Mundo