Giro

Coates diz que oposição é uma “preocupação”, mas Jogos de Tóquio seguirão em frente

Por Nick Mulvenney

SYDNEY (Reuters) – Principal autoridade da Olimpíada, John Coates afirmou neste sábado que, embora o sentimento japonês se virando contra os Jogos de Tóquio seja uma “preocupação”, ele não projeta um cenário em que o evento esportivo não seguiria em frente.

Dúvidas surgiram sobre a viabilidade de realizar os Jogos em julho e agosto com Tóquio em estado de emergência, com o Japão ainda sofrendo para conter a pandemia de Covid-19.

Coates, autoridade do Comitê Olímpico Internacional (COI) para os Jogos como presidente da comissão de coordenação, disse que não tinha dúvidas de que os Jogos, já adiados em um ano por causa da pandemia, seguiriam em frente como o planejado.

“Absolutamente, seguirá em frente”, disse Coates a repórteres, após sediar a reunião-geral anual do Comitê Olímpico Australiano (COA) em Sidney.

“O primeiro-ministro do Japão disse isso ao presidente dos Estados Unidos duas ou três semanas atrás. Ele continua dizendo isso ao COI”.

+ Jaguar Land Rover: a luta contra a falta de confiança dos consumidores

Coates expressou confiança de que o “manual” de exigências sanitárias para todos os participantes, revelado pelos organizadores semana passada, era um “guia para Jogos seguros e bem sucedidos”.

Há oposição cada vez maior no Japão contra a realização das Olimpíadas, no entanto, e mais de 230.000 pessoas assinaram uma petição pedindo para que ela fosse cancelada.

(Por Nick Mulvenney)

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel