Tecnologia

Co-fundador do Google quer construir dirigível com maior célula de combustível de hidrogênio

Crédito: Pixabay

A aeronave será destinada para ajudas humanitárias (Crédito: Pixabay)

A empresa de dirigíveis do co-fundador do Google Sergey Brin, a LTA Research and Exploration, planeja construir o dirigível com o maior sistema de propulsão de célula de combustível de hidrogênio do mundo. A aeronave será destinada para ajudas humanitárias, segundo divulgado pelo site TechCrunch.

A maior célula de combustível de hidrogênio já vista é de um sistema de 0,25 megawatt do pequeno avião de passageiros da ZeroAvia.

+ Google planeja lançamento de celular ‘Pixel’ com tela dobrável
+ Ferramenta do Google pode ajudar a impedir a próxima onda de Covid

A LTA quer configurar um sistema de propulsão de hidrogênio de 1,5 megawatt para o dirigível. Com isso, ele poderia cruzar oceanos. 

As células de combustível de hidrogênio são uma solução atraente para a aviação elétrica porque são mais leves e potencialmente mais baratas do que as baterias de íon de lítio. 

Ainda segundo a reportagem, o primeiro protótipo de dirigível tripulado da LTA, chamado Pathfinder 1, será alimentado por essas baterias quando decolar – possivelmente este ano.

O Pathfinder 1 tem 12 motores elétricos e seria capaz de transportar 14 pessoas.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel