Economia

CNM defende mudanças na reforma sobre divisão das receitas entre municípios

O presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Glademir Aroldi, disse nesta terça-feira, 10, apoiar a proposta de reforma tributária que tramita na Câmara dos Deputados, mas afirmou que a entidade busca emendas para alterar o texto. Pela proposta original, a divisão de 75% da arrecadação que caberá aos municípios ocorrerá conforme a população e a divisão dos 25% restantes será feita por leis estaduais.

A CNM concorda com a divisão de 75% a partir da população, mas defende que apenas 13% da parte que caberá aos municípios sejam definidos por lei estadual. “Queremos que 10% sejam distribuídos igualitariamente e os outros 2% sejam repartidos conforme a qualidade de ensino de cada município”, afirmou.

A PEC 45 foi apresentada do deputado Baleia Rossi (MDB-SP), e é patrocinada pelo presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Preparada pelo economista Bernard Appy, acaba com três tributos federais – IPI, PIS e Cofins. Extingue o ICMS, que é estadual, e o ISS, municipal. Todos eles incidem sobre o consumo.

A proposta cria o Imposto sobre Operações com Bens e Serviços (IBS), de competência de municípios, Estados e União, além de outro imposto, sobre bens e serviços específicos, esse de competência apenas federal.

Aroldi defendeu ainda que o imposto seletivo também seja em parte compartilhado com os municípios. “Não abrimos mão de termos todos os tributos compartilhados”, completou.

Ele propôs ainda que o comitê gestor do novo tributo sobre bens de consumo (IBS) seja paritário, com a participação de municípios, Estados e União.

A CNM também defende a unificação do IPTU com o ITR, de responsabilidade dos municípios, além do aumento da participação das prefeituras na arrecadação do IPVA.

Veja também

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?