Geral

Clientes ruins podem ser expulsos do Uber na Austrália e Nova Zelândia

Clientes ruins podem ser expulsos do Uber na Austrália e Nova Zelândia

A plataforma de reserva de automóveis com motorista está no ramo de transporte de carga desde maio de 2017 com seu aplicativo Uber Freight, que permite aos usuários contratar motoristas de caminhões para levar produtos e pacotes - AFP/Arquivos

Não são só os motoristas. Agora na Austrália e Nova Zelândia, passageiros com notas baixas no Uber também serão expulsos do aplicativo. A medida foi anunciada na atualização das diretrizes do serviço.

Em entrevista para um canal de tv australiano, a gerente da Uber para Austrália e Nova Zelândia, Susan Anderson, afirmou que a medida é direcionada a uma pequena parcela de usuários que “não trata os motoristas com respeito”. Segundo a empresa, os clientes passíveis de serem expulsos são aqueles cuja nota médio no serviço – que vai de uma a cinco estrelas – está de quatro para baixo.

“Para ter  uma nota de 4,0 para baixo, é preciso ter um número de corridas com nota 1”, afirmou Susan. Segundo a Uber, o usuário com nota baixa receberá uma série de avisos antes de ser bloqueado. Caso isso aconteça, o usuário não poderá utilizar o serviço de transporte nem o Uber Eats, braço de delivery de comida da empresa.

Deixar lixo no carro, não estar no lugar combinado quando o motorista chega e ser mal-educado são alguns dos motivos de notas baixas no aplicativo, que tem 2,8 milhões de usuários na Austrália e Nova Zelândia. A medida entrará em vigor no dia 19 de setembro.