Negócios

Claro pagará R$ 3,7 bi por sua fatia na compra da rede móvel da Oi

Crédito: Divulgação

Ao todo, a transação totaliza R$ 16,5 bilhões, portanto, a parte da operadora Claro corresponde a 22,4% em termos de desembolsos. (Crédito: Divulgação)

A Claro informou que pagará o montante de R$ 3,7 bilhões pela sua fatia na compra da rede móvel da Oi, como parte da negociação realizada em conjunto com a TIM e com a Vivo. Ao todo, a transação totaliza R$ 16,5 bilhões. Portanto, a parte da Claro corresponde a 22,4% em termos de desembolsos.

Conforme já comunicado pelas partes, o contrato de compra e venda foi celebrado em 28 de janeiro e, para ser efetivado, passará agora por análise da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

+ Especialistas alertam sobre riscos dos sites que checam vazamento de dados

A rede móvel da Oi foi segregada em uma unidade produtiva isolada (UPI). Cada uma das compradoras – Claro, TIM e Vivo – comprará ações de uma Sociedade de Propósito Específico (SPE) contendo sua parte dos ativos.



Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago