Política

Ciro faz aceno a Simone Tebet como vice: “Ela é diferente”

Crédito: Adriano Machado/Reuters

A senadora Simone Tebet, que recebeu aceno de Ciro como possível vice (Crédito: Adriano Machado/Reuters)

O pré-candidato do PDT ao Planalto, Ciro Gomes, acenou com a possibilidade de ter a senadora Simone Tebet (MS), pré-candidata do MDB, como vice em sua chapa na disputa de 2022. Para o ex-ministro, Tebet é uma pessoa “diferente” e está sendo “traída pelo próprio partido”.

“Eu tenho uma pessoa dessas aí (da terceira via) que eu respeito muito. Ela é diferente. Ela não é uma viúva do bolsonarismo igual o (João) Doria. Ela é uma pessoa que acho que vai ter um papel importante, que é a Simone Tebet”, disse Ciro em entrevista à Rádio Bandeirantes, ao ser questionado sobre qual pré-candidato da terceira via ele aceitaria ter na chapa.



População desarmada é quem trata de eleições e TSE não se dobrará, diz Fachin

TSE e Spotify fecham acordo para combate à desinformação nas eleições

“Simone Tebet está sendo traída pelo próprio partido porque o Lula está corrompendo. Já está acertado com Eunício Oliveira e o Renan Calheiros, os mesmos do esquema do escândalo do Petrolão”, emendou o pedetista, numa referência às articulações do senador Renan Calheiros (AL) e do ex-senador Eunício Oliveira, do MDB, em torno da pré-candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

+ Confira 10 receitas para reaproveitar ou turbinar o arroz do dia a dia


Nesta quarta-feira, 11, os presidentes dos partidos da terceira via – PSDB, MDB e Cidadania – deram demonstração de sobrevida ao projeto de candidato único, ao definirem que o nome de consenso será definido a partir da análise conjunta de pesquisas quantitativas e qualitativas encomendadas pelas legendas. Hoje são considerados pré-candidatos do grupo ao Planalto: Simone Tebet e o ex-governador de São Paulo João Doria (PSDB).

Ciro voltou a afirmar que se manterá na disputa até o fim. “O sistema me quer ver expelido. Ele não quer nem que eu tenha direito de falar. Exigem todo dia que eu tire a minha candidatura”, disse. Ontem, em rede social, o ex-ministro argumentou que, sem sua candidatura, a polarização aumentaria no momento em que Lula “estagnou” e Bolsonaro se sustenta nas pesquisas de intenção de votos para a Presidência.


Para o pré-candidato do PDT, tanto Lula quanto Bolsonaro vivem em uma “estrutura de mutualismo”, já que os dois políticos se “protegem” e se beneficiam da polarização. “O sistemão ganhou o Lula, então Lula e Bolsonaro estão protegendo o outro porque os dois garantem o mesmo tipo de modelo econômico e a mesma governança política”, afirmou.

Propostas para a economia

Para Ciro, a inflação, que vem batendo recordes no País, é “produzida pelo governo”. “Ele determina o preço dos combustíveis, do gás de cozinha, o diesel do frete que está na carne”, disse. O ex-ministro destacou que o mesmo mecanismo acontece com o aumento de energia elétrica, que também impacta no valor dos alimentos.

Nesse cenário, Ciro defendeu uma política de abastecimento e preço para lidar com o aumento de produtos essenciais que são produzidos no País, como café e açúcar. “Nós fazíamos isso exemplarmente o passado. Fernando Henrique Cardoso, Lula e Bolsonaro destruíram a estrutura de abastecimento e preço do Brasil por prostração ideológica”, afirmou.

A ideia do pré-candidato é que o governo seja capaz de oferecer produtos a um preço acessível para a população em momentos instáveis politicamente, como em episódios de guerras internacionais, por exemplo.

Religião

Durante a entrevista, o pré-candidato evocou expressões religiosas para explicar suas ideias. Em uma delas, usou uma frase bíblica presente no livro de Mateus que diz que “ninguém serve a dois senhores” para exemplificar a política de preços da Petrobras. Em outro momento, afirmou que tem rezado pela disputa. “Estou pedindo a Deus todo dia que ilumine as minhas palavras que não seja pra mim, que seja pra outro. mas vamos desarmar essa bomba.”

O discurso religioso tem sido bastante utilizado entre os pré-candidatos como uma medida de atrair eleitores antes aliados de Bolsonaro. Em abril, Ciro participou de um ato, em Brasília, no qual o PDT lançou o Movimento Cristãos Trabalhistas, com o objetivo de aproximar o partido das igrejas evangélicas e católicas.

A mesma movimentação tem sido vista na pré-campanha de Lula, cujo responsável por essa aproximação com líderes religiosos é o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSB), pré-candidato a vice.



Tópicos

2022 lula alternativa de centro eleições 2022 Arthur Lira bolosonaro comitiva ONU Bolsonaro agro bolsonaro armas Bolsonaro Barclays bolsonaro boris johnson Bolsonaro conferência ONU Bolsonaro confronto político Bolsonaro CPI da covid Bolsonaro crime contra humanidade Bolsonaro desmentido Bolsonaro fake news Bolsonaro filhos Bolsonaro G20 bolsonaro hoje bolsonaro hotel NY Bolsonaro impeachment Bolsonaro indiciado Bolsonaro inflação da pandemia Bolsonaro inglês Bolsonaro ministério da Agricultura Bolsonaro Nações Unidas Bolsonaro Nova York Protestos Bolsonaro ONU críticas Bolsonaro presidente Bolsonaro produção agrícola Bolsonaro protesto Itália Bolsonaro redes sociais Bolsonaro república do cercadinho Bolsonaro tribunal de Haia bolsonaro twitter Bolsonaro Youtube BOLSONARO/ONU Brasil eleição 2022 Brasil polarização 2021 Brasil polarização 2022 brasileiros na onu covid bruno Araújo campanha Doria Bruno Araújo Doria eleições 2022 Bruno Araújo PSDB jantar temer doria tebet terceira via candidato ao Planalto Candidato do PDT candidatos apoiador por lula Bolsonaro candidatura da terceira via Ciro Ciro Gomes como tirar título eleitoral Congresso crítica Dia do Trabalho discuros Bolsonaro ONU 2021 disputa eleitoral Doria eleição 2022 eleição presidencial eleições 2022 eleições 2022 3ª via candidatos eleições 2022 3ª via evolução eleições 2022 3ª via opções eleições 2022 agenda candidatos eleições 2022 agenda econômica candidatos eleições 2022 agenda econômica partidos eleições 2022 agenda econômica tema central eleições 2022 alternativa de centro tebet doria temer psdb Eleições 2022 auditável Eleições 2022 candidatos eleições 2022 ciro gomes eleições 2022 colegiados eleições 2022 coligações eleições 2022 debate econômico eleições 2022 desemprego eleições 2022 economia eleições 2022 emprego trabalho eleições 2022 federações Eleições 2022 forças armadas eleições 2022 gabinete do ódio Eleições 2022 golpe Eleições 2022 impeachment Eleições 2022 lula eleições 2022 Lula Bolsonaro eleições 2022 lula pesquisas eleições 2022 medidas econômicas bolsonaro Eleições 2022 militares Eleições 2022 partidos eleições 2022 partidos coligados eleições 2022 partidos pauta emprego desemprego Eleições 2022 PT promete revogar reforma trabalhista eleições 2022 quem pensa sobre trabalho eleições 2022 sergio Moro eleições 2022 temas centrais Eleições 2022 TSE Eleições 2022 urna eletrônica ELEIÇÕES 2022/BOLSONARO ELEIÇÕES 2022/DATAFOLHA/PESQUISA ELEIÇÕES 2022/LUCIANO HUCK ELEIÇÕES 2022/PESQUISA/IPESPE ELEIÇÕES 22 Eleições 22 Arminio Fraga Eletrobras embaixada do reino Unidos nega Bolsonaro Encontro do Rio Luciano Huck eleições 2022 entrevista à Rádio Bandeirantes evento ex-governador João Doria ex-presidente Michel Temer senadora Simone Tebet 3ª via jantar homenagem instagram Facebook derrubam live Bolsonaro João Doria Leonel Brizola live Bolsonaro 2021 Luciano Huck eleições 2022 Lula lula Bolsonaro padrinhos 14 estados lula Bolsonaro pesquisa intenção de voto abril 2022 Lula critica lula presidente lula x Bolsonaro MDB Moro MST MTST não é uma viúva do bolsonarismo nome para vice-presidente o que é terceira via o que é voto auditável Obrigado Bolsonaro Eric Feigl-Ding pesquisa Datafolha 2022 pesquisa eleitoral 2022 pesquisa Exame intenção de votos 2022 pesquisa ibope 2022 pesquisa intenção de votos 2022 pesquisa Ipespe pesquisa POderData intenção de votos 2022 pessoa diferente Petrobras por que chama terceira via possível vice de Ciro possível vice em 2022 prazo para regularizar título eleitoral prazo título de eleitor pré-candidata do MDB PSDB PT Quais as eleições para 2022? Qual a data da eleição 2022? Quando começa a propaganda eleitoral 2022? Queiroga transmite covid quem ganha eleição em 2022 risco contaminação covid ONU risco covid Nova York brasileiros ONU senadora pelo MS senadora simone tebet sergio Moro internet sergio Moro popularidade sergio Moro ranking Sergio Moro redes sociais sergio moro twitter Simone Tebe Simone Tebet Simone Tebet PSDB alternativa centro SP Tebet Doria Moro traições próprio partido eleições 2022 Temer TER título como tirar TERCEIRA VIA terceira via Doria Tebet Temer terceira via nomes terceira via opções título eleitoral documentos necessários título eleitoral passo a passo vice