Geral

Nova variante do coronavírus é encontrada no interior de SP

Crédito: Pexels

Batizada como P.4, a nova cepa do coronavírus já foi encontrada em amostras de outros 20 municípios do Estado de São Paulo (Crédito: Pexels)

As mutações do novo coronavírus têm sido motivo de preocupação em todo o mundo e agora uma nova variante foi detectada inicialmente na cidade de Mococa, no interior de São Paulo, e já aparece em outras cidades, como Porto Ferreira.



Pesquisadores da Universidade Estadual Paulista (Unesp) anunciaram nesta terça-feira (25) a descoberta de uma nova variante do coronavírus, em amostras coletadas em Porto Ferreira.

Batizada como P.4, por derivar da mesma linhagem que deu origem à P.1, identificada inicialmente em Manaus, a nova cepa já foi encontrada em amostras de outros 20 municípios do Estado de São Paulo.

Cientista identificam vírus da gripe com potencial se tornar uma nova pandemia

“A primeira coisa que percebemos foi a mutação L452R, na proteína spike (espícula) do vírus. Então, analisamos outras sequências já decodificadas do banco de dados e verificamos que esta poderia ser uma nova variante”, explica Cintia Bittar, pesquisadora virologista da Unesp e membro da Rede Corona Ômica BR.



Ela conta que, após identificada a mutação no último dia 4, a amostra foi submetida à análise em uma plataforma internacional, que reúne sequenciamentos realizados no mundo todo com o objetivo de identificar e monitorar o surgimento de novas variantes. Após fazerem novas investigações, o grupo da Unesp identificou que essa nova cepa vinha da B.1.1.28, a mesma linhagem que deu origem à P.1, identificada inicialmente em Manaus.

Entre o último dia 4 e esta terça-feira,25, a variante foi batizada como P.4 e encontrada em amostras de outros 20 municípios do Estado de São Paulo. De acordo com Cintia, pelo menos a cidade de Porto Ferreira já estaria com essa cepa circulando livremente.

“Comparamos a nossa amostra com outras sequências do banco de dados e já existia essa variante em outras cidades de São Paulo”, explica a pesquisadora. Ela também afirma que a P.4 apresenta alterações similares à B.1.617, identificada inicialmente na Índia. “É a mesma mutação em uma região importante do vírus, também encontrada na variante indiana, apesar de elas não estarem relacionadas, e que causa uma redução no reconhecimento do vírus pelos anticorpos.”

Cíntia frisa que ainda é cedo para afirmar se a P.4 é mais transmissível ou letal do que o vírus original, e afirma também que, até o momento, as vacinas disponíveis já apresentaram alguma eficácia contra as variantes descobertas, mas alerta: “Estamos vendo ainda que a circulação da variante está aumentando em Porto Ferreira. Essa é uma mutação considerada importante”.

De acordo com a pesquisadora, o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCIT) e a Prefeitura de Porto Ferreira foram informados sobre a descoberta no último dia 4. “Nosso objetivo é identificar as mutações no começo e tentar evitar que essa variante esteja no mundo inteiro, como aconteceu com a P.1. Se esperarmos para decidir se ela é ruim ou não, pode ser tarde demais.”


Veja também
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Motorista deixa carro Tesla no piloto automático e dorme em rodovia de SP
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Lago Superior: a melhor onda de água doce do mundo?

Tópicos

A vacinação está lenta? animais coronavírus animais podem passar coronavírus AstraZeneca astrazeneca eficácia astrazeneca suspensão astrazeneca trombose aztrazeneca coágulos Fiocruz BioNTech Brasil possui neste momento vacina para aplicar em toda a população? capitais vacinação coágulo coágulos colapso da saúde Com a chegada de mais vacinas combinação de vacinas como faço para me vacinar? coronavírus cura Covid variantes crise vacinação descoberta duas doses efeitos colaterais falta de doses falta vacina farmacêuticas imunizantes brasil Índia interior de são paulo Johnson & Johnson coágulos suspensão moderna uso pediátrico Mutações covid Brasil mutações SP nova cepa nova variante novo coronavírus o Brasil tem dose pra vacinar todo mundo o que é variante? pandemia pandemia quantos já morreram? pets hospedeiros Pfizer pfizer 3ª dose pfizer dose de reforço pfizer terceira dose pode vacinar crianças? pool de farmacêuticas por que faltam vacinas? quais empresas fazem vacina? quais vacinas estão no brasil qual é a melhor vacina? quando a vacina pfizer chega ao Brasil? Quando o cronograma será ampliado? quantas farmacêuticas produzem vacina? quantas vacinas o Brasil tem? quantas vacinas tem no brasil? quantas variantes tem no Brasil saiba como entrar na fila da vacinação saiba como se ibnscrever para se vacinar Sanofi segunda dose site vacinação trombose uma pessoa poderá receber doses de fabricantes diferentes? vacina covid vacina doses mutações vacina Pfizer vacina pfizer é melhor que as outras? vacina pfizer eficácia vacina pfizer estudo israelence vacina pfizer israel vacina refrigeração vacinação drive-thru vacinação paralisada vacinação passo a passo vacinação são paulo vacinas vacinas qual a melhor? Hospedeiros variante da índia variante da Tanzânia variante indiana