Giro

Cientistas capturaram imagens de um cometa próximo ao Sol pela primeira vez

Crédito: Reprodução/Pixabay

Cientistas flagram imagens de cometa próximo ao Sol pela primeira vez (Crédito: Reprodução/Pixabay)



Uma equipe de pesquisa do Observatório Astronômico Nacional do Japão capturou imagens de um cometa próximo ao Sol se desintegrando.

A equipe de astrônomos utilizou uma frota de telescópios líderes mundiais que estavam tanto no solo quanto no espaço para capturar imagens de um cometa rochoso próximo ao Sol se desintegrando. Esta é a primeira vez que os cientistas capturaram imagens de um cometa se desintegrando e a equipe de pesquisa observou que essa observação poderia ajudar a explicar a escassez de tais cometas periódicos próximos ao Sol. Esses resultados foram publicados no Astronomical Journal em 14 de junho de 2022.

+ Nasa confirma que núcleo de megacometa é o “maior já visto”

O amplo campo de visão do Telescópio Subaru, no Havaí, permitiu que os cientistas encontrassem o cometa 323P/SOHO à medida que ele se aproximava do Sol. Esta foi a primeira vez que os pesquisadores o observaram com um telescópio, o que permitiu delimitar melhor sua órbita pouco conhecida.




Feito isso, os astrônomos puderam finalmente apontar outros telescópios para o cometa 323P/SOHO, enquanto esperavam que ele se afastasse do Sol novamente. Foram utilizados no estudo: o Telescópio Canadá-França-Havaí, localizado no cume do vulcão havaiano Mauna Kea; o telescópio Gemini North do Observatório Gemini, que também é no Havaí; o Lowell Discovery Telescope, do estado americano do Arizona, e o Telescópio Espacial Hubble.

Segundo as observações, a rocha espacial gira rapidamente, levando pouco mais de meia hora por volta ao redor do Sol. Sua cor varia tanto que não se assemelha a nenhum outro objeto no Sistema Solar. “A coloração é bizarra e muda temporalmente de uma maneira nunca antes vista”, revelou Hui.


Man-To Hui, primeiro autor do estudo, contou em um comunicado que, para a surpresa da equipe de pesquisadores, 323P/SOHO mudou de aparência durante sua passagem próxima ao Sol. O que antes era nada mais do que um ponto, acabou se tornando a longa cauda do cometa com poeira ejetada.

Os cientistas acreditam que a intensa radiação solar fez com que partes do objeto se quebrassem, em um processo semelhante ao que acontece quando cubos de gelo entram em contato com um líquido quente e acabam trincando e se despedaçando.

Para os autores, tal mecanismo de perda de massa pode explicar o que acontece com os cometas próximos do Sol e por que são tão raros.

Embora a proximidade com a estrela faça com que esses corpos sejam tecnicamente difíceis de se observar, cientistas acreditam que realmente existam menos cometas perto do Sol, o que pode indicar que algo os aniquila antes que eles consigam mergulhar no astro. Novos estudos devem trazer a resposta para esse enigma (além de novas perguntas).

Como esses cometas em órbitas próximas ao Sol são criados?

O Sistema Solar é considerado um lugar perigoso na comunidade científica há décadas. Livros didáticos demonstram figuras de corpos celestes circulando ao redor do Sol em órbitas ordenadas. No entanto, isso ocorre porque se a órbita de um objeto não se encaixa nesse padrão, os efeitos gravitacionais de outros objetos desestabilizam a órbita.

Além disso, um resultado comum para tais corpos ejetados é se tornarem cometas em órbitas próximas ao Sol, onde eventualmente mergulharão no Sol. Portanto, como esses cometas passam tão perto do Sol, são difíceis de descobrir e estudar. A maioria foi descoberta por engano em observações de telescópios solares.

No entanto, mesmo levando em conta esses fatores , há consideravelmente menos cometas próximos ao Sol do que o esperado, indicando que algo os está destruindo antes que eles tenham a chance de fazer sua descida final fatal ao Sol.






Tópicos

agência espacial americana aniversário ariane 5 artemis 1 Artemis 3 atmosfera Centro Espacial Kennedy da Nasa Como é a superfície de Marte Como é Marte Como é o clima em Marte? Como é o solo em marte Como são feitas as imagens do Hubble? Como ver imagens do espaço ao vivo? Como ver imagens do telescópio Hubble? Corrida Espacial de onde vem os ovnis Disco voador Edifício de Montagem de Veículos espaço esppaço estação espacial EUA Existe vida em outro planeta? exploração espacial foto de marte foto de planeta fotografia galáxias HUBBLE James Web por que é importante? James Webb James Webb o que é? James Webb quanto custou? James Webb significado do nome levar humanos à Lua luzes Marte marte características marte curiosidades marte deus marte temperatura meteoro 2020 meteoro cai em mgmeteoro cai em goias meteoro cai em minas gerais meteoro cai no brasil hoje 2021 meteoro caiu em minas gerais meteoro em mg meteoro em minas gerais 2021 meteoro em minas gerais 2022 meteoro em minas gerais g1 meteoro em uberaba meteoro hoje meteoro hoje 2021 que horas meteoro minas gerais meteoro nasa meteoro que caiu meteoro que caiu ontem missão tripulada Nasa Nasa nasa ao vivo O que a NASA criou? o que é meteoro O que é preciso para entrar na Nasa? o que é um meteoro O que é um telescópio espacial? o que meteoro O que o telescópio Hubble descobriu? O que quer dizer NASA? o que se sabe sobre marte o que tem em marte? O que tem na superfície de Marte? O que tem no solo de Marte? Onde está o telescópio Hubble? Onde está o telescópio Kepler? ovni planeta planeta vermelho Por que Marte tem estações do ano? programa lunar Artemis Quais foram as descobertas feitas por Edwin Hubble? Quais foram as principais descobertas concebidas através do telescópio Hubble? Quais foram as principais descobertas do telescópio Hubble? Quais são as dimensões do telescópio Hubble? Quais são as particularidades de Marte? Qual a distância máxima que um telescópio pode ver? Qual é a galaxia que o telescópio Hubble continua explorando? Qual é o nome do tipo de foguete que colocou o telescópio espacial em órbita? Qual é o objetivo da NASA? qual pais mais avista ovni qual tamanho de um disco voador Sistema de Lançamento Espacial sistema solar solo de Marte tecnologia telescópio telescópio espacial telescopio hubble Tem algum satélite em Marte? terremoto em minas gerais Universidade do Arizona viagem tripulada a Marte volta da humanidade à Lua Vulcão