Negócios

Cielo lança seu banco digital próprio, o Cielo Pay

Cielo lança seu banco digital próprio, o Cielo Pay

Se a guerra das maquininhas de cartão no Brasil é hoje uma das mais intensas no mundo dos negócios, há um player que está bem posicionado na disputa, a Cielo. Nascida em 1995 como Visanet, uma parceria entre a bandeira de cartões de crédito Visa e os bancos Bradesco, Banco do Brasil, Banco Real (hoje Santander) e o finado Banco Nacional, a empresa cresceu aproveitando a legislação brasileira da época, que previa que apenas o emissário do cartão poderia produzir máquinas que processassem compras feitas nele.

Porém mesmo com o fim da lei que a beneficiou em seus primeiros momentos, a empresa conseguiu driblar os novos concorrentes e se estabeleceu como líder do setor em toda a América Latina em termos de volume financeiro de transações. Como próximo passo, a Cielo agora lançou um banco digital, com foco em microempreendedores, o Cielo Pay deve começar a operar em 14 de outubro e reúne serviços como transferências de valores por meio de contas de pagamentos, tanto para recebimento como para pagamento.

Para pessoas jurídicas, o Cielo Pay permitirá serviços como a abertura de uma conta digital 100% gratuita, pagamento imediato das transações com cartões, transferências de recursos para quaisquer bancos a partir de sua rede de contatos, pagamentos via QR Code (quadradinhos) ou boleto, carteira digital (wallet), saque na Rede Banco24 horas e ainda oferta de crédito, que será integrada mais adiante.

Os profissionais ainda terão acesso a serviços de assistência, como eletricista e encanador, dentre outros, de cartões pré-pagos e ainda uma central de atendimento por meio do WhatsApp. Já para os consumidores, com os quais a empresa busca um “relacionamento diário”, serão ofertadas as possibilidades de uma conta com remuneração dos recursos de 100% do CDI, pagamentos de conta e cartão para saques.