Giro

Cidade Proibida de Pequim fechada ao público por causa do coronavírus

Cidade Proibida de Pequim fechada ao público por causa do coronavírus

(Arquivo) A Cidade Proibida, em Pequim - AFP

A China fechará a Cidade Proibida de Pequim – um dos locais culturais mais reverenciados do país – devido ao crescente medo de um novo vírus do tipo SARS que infectou centenas de pessoas, informou o museu do palácio nesta quinta-feira.

O imenso palácio imperial será fechado no sábado até novo aviso “para evitar a infecção causada pelo ajuntamento de pessoas”, afirmou a fonte através de sua conta oficial no Weibo, o Twitter chinês.

A China também está interrompendo o transporte público e fechando postos de pedágio em mais duas cidades da província de Hubei, epicentro de um surto mortal de vírus, disseram autoridades nesta quinta-feira.

As autoridades de Xiantao, uma cidade de 1,5 milhão de habitantes, disseram que 30 entradas de postos de pedágio foram fechadas na via expressa Hubei, proibindo a entrada de veículos nas vias.

A cidade de Chibi, com uma população de cerca de 500.000 habitantes, disse que suspenderá seu transporte público, rural, provincial e de condado a partir da meia-noite.