Sustentabilidade

Chuvas torrenciais atingem a Austrália após incêndios

Chuvas torrenciais atingem a Austrália após incêndios

Uma estrada fechada devido a incêndios florestais em Nova Gales do Sul, na Austrália - AFP/Arquivos

O ciclone Damien, que tem perdido força, atingiu a região de Pilbara no oeste da Austrália neste domingo, enquanto tempestades causaram inundações no leste do país, o epicentro de incêndios devastadores nos últimos meses.

Segundo os serviços meteorológicos, Damien foi degradado para uma tempestade de categoria 1 neste domingo, com ventos que atingiram 100 km por hora, acompanhados por fortes chuvas que podem causar inundações.

Ele se dirige para o sudeste e cruzará a região pouco povoada de Pilbara, o centro nervoso da indústria de mineração australiana.

O ciclone tropical Damien “continuará a enfraquecer à medida que avança para o interior”, disseram os serviços meteorológicos.

Na noite de sábado, o ciclone era da categoria três, com ventos de até 195 km/h, o que obrigou os moradores a ficarem em casa.

Devido à força do vento e das chuvas, as árvores caíram e alguns telhados foram arrancados. A eletricidade foi cortada nas cidades costeiras de Damper e Karratha, na região de Pilbara.

Ao mesmo tempo, a costa leste da Austrália sofreu fortes chuvas nos últimos dias, o que causou inundações repentinas em Nova Gales do Sul e Queensland.

Nesses dois estados, alertas de inundação foram emitidos para mais de uma dúzia de rios, especialmente em Sydney, a cidade mais populosa da Austrália, com seus cinco milhões de habitantes, sobre a qual caíram fortes chuvas.

Essas chuvas torrenciais, que ocorrem após meses de devastadores incêndios florestais, permitiram a extinção de dezenas de focos que permaneciam fora de controle.

Um dos principais incêndios, que cobre uma área de 500.000 hectares ao sul de Sydney, foi declarado extinto no sábado à noite após a chuva. A chuva também caiu em várias áreas afetadas pela seca.