Política

Choque lança bombas na direção de bombeiros que apagavam incêndio na Rio Branco

Policiais do Batalhão de Choque jogaram bombas de gás lacrimogêneo para tentar dispersar o público que assistia ao trabalho dos bombeiros. Acabaram atrapalhando a ação dos bombeiros, que tiveram de se desviar dos artefatos, enquanto tentavam apagar incêndio em um ônibus na Avenida Rio Branco com a Rua da Assembleia. Um bombeiro chegou a interromper o trabalho para discutir com os policiais.

Uma banca de jornal foi atingida pelas chamas do ônibus e ficou parcialmente destruída. Dois contêineres de lixo foram incendiados na Avenida Rio Branco, em frente ao Largo da Carioca. Manifestantes também atearam fogo a uma guarita da Guarda Municipal, na Rua da Assembleia

Agentes do Batalhão de Choque estão posicionados em algumas esquinas da Avenida Rio Branco, mas a situação é tranquila no local. Também não há manifestantes em frente à Assembleia Legislativa, onde começou o protesto.

No início da tarde desta quarta, pelo menos 500 manifestantes realizaram ato no primeiro dia do ano legislativo para protestar contra propostas de ajuste fiscal que serão analisadas pela Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) nos próximos dias.

Veja também

+ Caixa libera FGTS emergencial para nascidos em julho nesta segunda-feira (10)

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?