Economia

China vê estabilização de empréstimos inadimplentes e menor saída de capital

Os empréstimos inadimplentes pararam de avançar na China e a pressão de saída de capitais diminuiu, afirmou Yi Gang, vice-presidente do banco central chinês (PBoC, na sigla em inglês), acrescentando, porém, que é preciso “ficar de olho no fenômeno e identificar o motivo por trás dele”, segundo a agência de notícias estatal Xinhua.

Yi também apontou o progresso que Pequim tem feito ao abrir seu mercado de bônus para investidores estrangeiros. “No fim do ano passado, havia mais de 400 instituições estrangeiras investindo no mercado interbancário de bônus da China, com um montante total de mais de 800 bilhões de yuans”, declarou ele à Xinhua. Fonte: Dow Jones Newswires.