Giro

China suspende voos e trens em cidade onde começou surto de coronavírus


As autoridades chinesas decidiram fechar nesta quarta-feira, 22, todos os transportes em Wuahn, cidade de 11 milhões de habitantes onde começou o surto do coronavírus, que já tem 17 mortos e mais de 540 infectados no país asiático. O governo vai impedir qualquer saída, até novo informe público, exceto por motivos especiais. Estão incluídos na medida o aeroporto, a estação de trem, os transportes públicos urbanos, o metrô, o ferry e as viagens de longa distância.

Autoridades alertaram que o vírus pode sofrer mutações, complicando esforços para conter o avanço da doença, em meio ao período mais agitado de viagens no calendário chinês. A estimativa é de que 400 milhões de se desloquem a partir de sábado, 25, por causa do ano-novo chinês. (Com agências internacionais)