Economia

China fala em ‘especulação excessiva’ com commodities e derruba minério de ferro

A Comissão de Reforma e Desenvolvimento (NDRC, pela sigla em inglês) da China alertou nesta segunda-feira (24) que irá “punir severamente” monopólios de commodities, por avaliar que a recente alta nos preços se deve a “especulação excessiva”. Em reação, os contratos futuros de minério de ferro negociados na bolsa chinesa de Dalian sofreram um tombo de 6,5% no começo da madrugada.

Nos últimos meses, os preços de várias commodities vêm subindo fortemente à medida que a economia global se recupera com a remoção gradual de lockdowns motivados pela pandemia de covid-19.

Segundo reportagem da TV estatal chinesa CCTV, a NDRC afirmou nesta segunda-feira que vai fortalecer esforços conjuntos para monitorar os mercados de commodities e adotar uma política de “tolerância zero” para quaisquer violações da lei. O órgão também prometeu verificar operações “anormais” e “especulação maliciosa”. Com informações da Dow Jones Newswires.



Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Tópicos

China commodities