Giro

China confirma dez mortos, um desaparecido e outros resgatados em mina

Agentes de resgate à procura de trabalhadores presos em uma mina de ouro na China, após a retirada dramática de 11 sobreviventes nesse domingo (24), encontraram nove corpos, disse hoje (25) uma autoridade local, o que eleva a dez o número de mortos. Ainda há um desaparecido.

Um total de 22 mineiros trabalhavam a cerca de 600 metros de profundidade e ficaram presos após uma explosão na mina de Hushan, em Qixia, região de forte produção de ouro da província de Shandong, em 10 de janeiro.

Onze foram retirados ontem com vida, após duas semanas no subsolo, incluindo um muito debilitado ao qual as equipes de resgate não conseguiram enviar suprimentos.

O prefeito de Yantai, Chen Fei, disse que os agentes de resgate continuaram trabalhando entre o domingo e esta segunda-feira e encontraram os corpos de nove mineiros, informou a emissora estatal CCTV.



As mortes se somam à de um trabalhador que entrou em coma, morreu e seu corpo foi levado à superfície, disse Chen, acrescentando que ainda há um desaparecido.

A busca é difícil e os níveis de água estão altos, mas enquanto o mineiro desaparecido não for encontrado ela não terminará, acrescentou a reportagem da CCTV.

Os 11 mineiros libertados no domingo foram resgatados muito antes do que se esperava, depois que se descobriu que tubos de aço de um poço bloqueado da mina impediram os destroços de cair mais fundo, de acordo com a mídia estatal.

* Reportagem adicional de Tom Daly

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel