Economia

China amplia importações de petróleo, mas reduz as de minério de ferro e cobre


As importações de petróleo da China subiram na comparação anual de fevereiro, mas as de minério de ferro e de cobre diminuíram no período, segundo dados preliminares divulgados hoje pela Administração Geral de Alfândega do país.

No mês passado, as compras chinesas de petróleo bruto saltaram 22% no confronto anual, a 39,23 milhões de toneladas, enquanto as de minério de ferro diminuíram 1,4%, a 83,08 milhões de toneladas, e as de cobre sofreram queda de 12%, a 311 mil toneladas.

No primeiro bimestre, a China importou 81,825 milhões de toneladas de petróleo, 12% mais do que em igual período do ano passado. Já as importações de minério de ferro tiveram redução de 5,5% nos dois primeiros meses do ano, a 174,4 milhões de toneladas, e as de cobre recuaram 0,6%, a 789 mil toneladas.

Os dados também mostraram que a China exportou 3,81 milhões toneladas de petróleo bruto em fevereiro, 9,4% mais do que no mesmo mês de 2018. No primeiro bimestre, houve acréscimo anual de 21% nas exportações de petróleo, a 9,23 milhões de toneladas. Com informações da Dow Jones Newswires.