Giro

China acusa EUA de querer ‘eliminar’ Huawei após advertência ao Brasil

Crédito: AFP/Arquivos

(Arquivo) A Huawei é considerada a líder mundial do 5G - AFP/Arquivos (Crédito: AFP/Arquivos)

A China acusou o governo dos Estados Unidos, nesta quinta-feira (30), de buscar eliminar a Huawei “por todos os meios”, após uma advertência americana ao Brasil sobre a possibilidade de permitir que o grupo chinês de telecomunicações forneça equipamentos de tecnologia 5G ao país.

“Os Estados Unidos estão muito apegados à equanimidade e à reciprocidade”, disse o porta-voz da diplomacia chinesa, Wang Wenbin.

Huawei supera Samsung e vira líder de vendas de telefones

Advogados de executiva da Huawei detida no Canadá alegam complô com FBI

“Mas, de fato, quando as empresas de outros países se tornam dominantes, a classe política americana inventa desculpas e utiliza o poder do Estado para eliminá-las por todos os meios”, completou Wang.

A Huawei é considerada a líder mundial do 5G, uma nova norma de tecnologia móvel que revolucionará a Internet e que deve ter sua instalação acelerada.

Por suspeitar de que o grupo atua em conivência com o governo de Pequim, e alegando riscos em termos de segurança cibernética, o governo de Donald Trump está aumentado a pressão sobre os aliados para que proíbam equipamentos da Huawei.

Em uma entrevista publicada na quarta-feira no jornal “O Globo”, o embaixador americano no Brasil, Todd Chapman, ameaçou com “consequências”, caso o país permita ao grupo chinês implantar sua tecnologia 5G em seu território.

Brasília pretendia lançar a licitação para o 5G este ano, com um enorme mercado de 212 milhões de habitantes, mas a crise da COVID-19 adiou o calendário para 2021.

As “consequências” poderiam ser de ordem econômica, afirmou o embaixador americano.

O Reino Unido anunciou em meados de julho a decisão de eliminar de sua rede 5G todos os equipamentos produzidos pela Huawei, alegando riscos de segurança.

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?