Giro

Chefe do Executivo de Hong Kong, alvo de sanções dos EUA, não tem conta bancária

Chefe do Executivo de Hong Kong, alvo de sanções dos EUA, não tem conta bancária

A chefe do Executivo de Hong Kong, Carrie Lam - AFP/Arquivos

A chefe do Executivo de Hong Kong, Carrie Lam, afirmou na sexta-feira que tem “pilhas de dinheiro” em casa, pois após as sanções impostas pelos Estados Unidos não pode ter uma conta bancária.

Lam, assim como outros 14 altos funcionários do governo, é objeto das sanções impostas por Washington após a decisão de Pequim de impor em junho uma nova lei de segurança nacional no território semiautônomo de Hong Kong.

A decisão de Washington congela os ativos americanos de 15 dirigentes e proíbe qualquer transação financeira com os Estados Unidos.

Em uma entrevista ao canal local em inglês HKIBC, exibida na sexta-feira à noite, a chefe do Executivo declarou que “utiliza dinheiro em espécie todos os dias, para todas as coisas”.

“Sentada diante de vocês está uma chefe do Executivo do território que não tem nenhum serviço bancário disponível para ela”, disse Lam à HKIBC.

“Tenho pilhas de dinheiro em minha casa, o governo paga meu salário em espécie”, completou.

Lam disse ainda que é “muito honroso” ter sido punida de “maneira injustificável” pelo governo americano e que não deseja dissuadir ninguém de trabalhar em uma função pública.

Com um salário de 5,21 milhões de dólares de Hong Kong por ano (672.000 dólares), Lam é uma das governantes mais bem pagas do mundo.

Suas declarações provocaram indignação: vários internautas publicaram fotos de moedas em cofrinhos para contrastar com a fortuna de Lam.

Outros questionaram como tanto dinheiro é transportado até sua residência.

Lam declarou em agosto à imprensa que enfrentava “alguns inconvenientes” e que tinha dificuldades para utilizar os cartões de crédito devido às sanções americanas.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel