Giro

Cerveja mais cara em outubro: entenda os motivos do aumento de preços

Crédito: Pexels

Aumento de preços da Ambev chega ao consumidor neste mês e deve estimular outras cervejarias a elevarem seus preços (Crédito: Pexels)

O anúncio de que a Ambev irá aumentar o preço de suas cervejas neste mês de outubro preocupa consumidores em todo o Brasil. Como se trata da maior cervejaria do mundo, um ajuste de preços preocupa consumidores e altera todo o mercado cervejeiro.



A indústria brasileira, de modo geral, arca com os impactos da desvalorização do real ante o dólar e sofre com uma inflação de custos, segundo Elaine Borges, professora da Saint Paul Escola de Negócios. Insumos como o lúpulo, cuja produção aumenta aos poucos no Brasil – segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) -, são geralmente importados pelas grandes cervejarias.

+ Ambev vai aumentar preço da cerveja em outubro

Mesmo com lucro líquido de R$ 2,93 bilhões no segundo trimestre deste ano, alta de 130% em relação ao mesmo período do ano passado, a Ambev vai aumentar os preços de suas marcas: Skol, Brahma, Antarctica, Corona, Bohemia e Stella Artois, além das chamadas cervejas especiais (Wäls e Colorado).

O reajuste varia conforme região e estado, mas já foi repassado a comerciantes e distribuidores e chega agora ao consumidor. Segundo a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), o aumento médio deve ser próximo ao da inflação oficial, de 10%.



“Quando Ambev sobe os preços abre a porteira para os demais também subirem. (A maioria das) demais marcas seguem a Ambev e o mercado como um todo virá com preços mais altos a partir de outubro”, afirma Paulo Solmucci, presidente nacional Abrasel

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a inflação da cerveja nos últimos 12 meses, 7,62%, é próxima à média do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que está em 9,68%.

Segundo o Euromonitor, a Ambev lidera com folga o mercado de cervejas no Brasil com 61,6%, seguido pela Heineken (18,1%) e Cervejaria Petrópolis (11,9%).


Veja também
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Motorista deixa carro Tesla no piloto automático e dorme em rodovia de SP
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Lago Superior: a melhor onda de água doce do mundo?