Tecnologia

Cerca de 360 mil malwares foram criados por dia em 2020, diz levantamento

Crédito: Pixabay

A maioria dos malwares detectados ocorreu via Windows PE (Crédito: Pixabay)

Ao longo de 2020, cerca de 360 mil novos malwares (ou arquivos maliciosos) foram lançados todos os dias, o que representa uma alta de 5,2% em relação ao ano passado – 18 mil a mais do que no ano anterior. O levantamento faz parte do relatório Boletim de Segurança da Kaspersky 2020.

O crescimento foi motivado pelos trojans (que tem uma série de funções, como roubo de dados e espionagem) e os backdoors (que permite o controle remoto do dispositivo infectado). Ambos tiveram aumentos de, respectivamente, 40,5% e 23%.

+ Microsoft alerta usuários para a atualização do Windows 10
+ Mantenha seu Windows seguro com estas 5 dicas simples

A maioria dos malwares detectados (90%) ocorreu via arquivos Windows PE (formato de arquivo específico dos sistemas Windows). Por outro lado, as novas ameaças relacionadas ao sistema operacional Android caíram 14%.

Com a pandemia, os hackers mudaram o foco para dispositivos como computadores ou notebooks, devido ao crescimento do home office e aulas remotas.

“Devido à pandemia, usuários do mundo inteiro foram forçados a passar mais tempo em seus dispositivos e online. É difícil saber se os atacantes estiveram mais ativos ou se nossas soluções detectaram mais arquivos maliciosos, simplesmente, porque a atividade foi maior. É provável que isso continue em 2021, pois os profissionais continuarão trabalhando de casa”, diz Denis Staforkin, especialista em segurança da Kaspersky, em nota divulgada à imprensa.

+ Jaguar Land Rover: a luta contra a falta de confiança dos consumidores

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel