Geral

CEO da Netflix: streaming tem mais 5 a 10 anos de crescimento até ter que começar a se preocupar

"Há muito crescimento em vista e muitas possibilidades no streaming de vídeos, então vamos focar nisto por um por tempo", declarou Hastings durante conversa com investidores

CEO da Netflix: streaming tem mais 5 a 10 anos de crescimento até ter que começar a se preocupar

A Netflix vai continuar forte em seu serviço de streaming. E só.

Não espere que a empresa entre em novo ramo nos próximos anos, é o que diz seu CEO, Reed Hastings. Apesar da crescente concorrência no setor, com Disney, AT&T e Apple anunciando sua entrada no mercado de streaming, o executivo disse que não há planos para a Netflix diversificar suas atuações.

“Há muito crescimento em vista e muitas possibilidades no streaming de vídeos, então vamos focar nisto por um por tempo”, declarou Hastings durante conversa com investidores após anunciar os resultados do terceiro trimestre de 2018. Sua previsão é de que o mercado como está hoje tem previsão de manter crescimento sustentável por mais cinco a dez anos.

A previsão conversa com as recentes notícias sobre a Netflix, que atingiu a marca de 137 milhões de contas e investiu em seu primeiro complexo de estúdios. Hastings diz que o mercado ainda tem margem de crescimento, e que está longe de se tornar uma conta de soma zero – onde para uma empresa crescer seria preciso tirar o cliente de outro serviço. A fala chega em um momento em que a Netflix teve um aumento de 7 milhões de clientes no últimos trimestre, 2 milhões a mais do que previa a projeção da empresa.

Apesar das previsões sobre a concorrência, o aumento de serviços de streaming pode afetar a Netflix de outra maneira. Conforme grandes estúdios montam suas próprias plataformas, diminui o leque de opções de filmes, séries que a empresa pode trazer para seu serviço de streaming, deixando-a cada vez mais refém de seu conteúdo próprio.

 

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel