Ciência

Centenas de pessoas se manifestam em Madri contra confinamentos parciais

Centenas de pessoas se manifestam em Madri contra confinamentos parciais

Protesto em Madri contra as restrições para segunda onda de covid-19 - AFP

Centenas de pessoas se manifestaram, neste domingo (27), em Madri contra as medidas de confinamento parcial impostas em algumas partes da região, principalmente em bairros de baixa renda e muito povoados, para conter o aumento de casos de covid-19.

Desde 21 de setembro, cerca de 850.000 pessoas ficaram confinadas em seus bairros e não podem sair exceto por razões de trabalho, escolares ou médicas, embora possam circular livremente dentro de suas vizinhanças.

Os parques nas áreas afetadas foram fechados e os restaurantes e outros negócios devem fechar às 22h00 locais (17h00 de Brasília).

A partir de segunda-feira, outras 167.000 pessoas na região, que conta no total com cerca de 6,6 milhões habitantes (Madri capital e Comunidade) ficarão confinadas em seus bairros, superando o milhão de afetados.

“Não é confinamento, é segregação!”, gritava a multidão ante o parlamento da Comunidade de Madri, localizado no distrito de Vallecas (sul), um dos bairros mais afetados pelas medidas de confinamento parcial vigentes desde a semana passada.

O vírus causou mais de 31.000 mortes e infectou mais de 700.000 pessoas em todo o país, a taxa de infecção mais alta da União Europeia (UE).

Veja também

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?