Economia

Cenário favorável aos emergentes não durará para sempre, alerta Ilan

O presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, alertou em palestra realizada na manhã desta sexta-feira, 24, na capital paulista que o cenário positivo para as economias emergentes “não durará para sempre”. Na palestra fechada à imprensa organizada pelo Instituto Millenium, o presidente do BC avalia a recente recessão enfrentada pelo BC e voltou a defender as reformas para a continuidade da retomada da atividade no Brasil.

“O cenário favorável aos emergentes não durará para sempre: o momento é de perseverar nas reformas e ajustes”, defendeu Ilan Goldfajn, conforme apresentação publicada pela assessoria de imprensa do banco na internet.

Para o presidente do BC, reformas e ajustes são “essenciais para crescimento sustentável e inflação baixa”.

Ilan Goldfajn também comentou algumas das razões para a forte recessão enfrentada pelo Brasil. Para Ilan, o baque sentido na atividade pode ser atribuído ao processo de desalavancagem, fatores não econômicos e também à reversão das “políticas excessivamente estimulativas”.

Nesse processo de recessão, a inflação permaneceu alta inicialmente e “recuou rapidamente quando as expectativas melhoraram”.

A íntegra da apresentação de Ilan pode ser consultada no endereço eletrônico http://www.bcb.gov.br/conteudo/home-ptbr/TextosApresentacoes/Apresentacao_Presidente_Ilan_Semin%C3%A1rio_Millenium_24112017.PDF

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel