Tecnologia

Celulares: entre altos e baixos

Celulares: entre altos e baixos

O mercado de celulares fechou o primeiro trimestre de 2021 com alta de 3% em unidades vendidas e de 17% em faturamento em comparação com o mesmo período do ano passado, segundo estudo IDC Brazil Mobile Phone Tracker Q1 2021, realizado pela IDC Brasil.

Apesar dos números positivos, a indústria está receosa sobre os resultados dos próximos trimestres principalmente pela falta de componentes que pode afetar a produção. “A crise é global e o momento é de incerteza, por isso a precaução da indústria em comemorar essa reação do mercado”, disse Renato Murari de Meireles, analista de pesquisa e consultoria em Consumer Devices da IDC Brasil.

O destaque dos três primeiros meses do ano ficou por conta dos modelos super premium, acima de R$ 2,999,00, que registraram alta de 53%. Confira os números gerais do levantamento:

(Nota publicada na edição 1226 da Revista Dinheiro)