Política

CCJ inicia sessão para sabatinar Augusto Aras, indicado de Bolsonaro à PGR


A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado iniciou na manhã desta quarta-feira, 25, a sessão para sabatinar o subprocurador Augusto Aras, indicado pelo presidente da Jair Bolsonaro à Procuradoria-Geral da República (PGR). Para ser oficializado no cargo, ele precisa ser aprovado pela maioria de votos no colegiado, que tem 27 titulares.

No plenário, onde a votação deverá ocorrer ainda nesta quarta-feira, o subprocurador precisa de, no mínimo, 41 votos dos 81 senadores.

Após ser indicado pelo presidente ao cargo, no início de setembro, Aras percorreu gabinetes em busca de apoios. Ele conversou com 78 senadores.

Os únicos que não o receberam foram Jorge Kajuru (Cidadania-GO), que recusou a audiência, Mara Gabrilli (PSDB-SP) e Jader Barbalho (MDB-PA) – ambos afastados para cuidados médicos.