Economia

CCEE aponta para aumento de 1,5% no consumo de energia em março

O consumo de energia aumentou 1,5% entre os dias 1º e 31 de março, na comparação com o período de 2 de março a 1º de abril de 2016, segundo dados preliminares de medição coletados pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE). Já a geração de energia cresceu 1,7% no mesmo período.

A análise da CCEE indica o consumo de 63.732 MW médios em março. No Ambiente de Contratação Regulado (ACR), atendido pelas distribuidoras, o consumo recuou 4,9%, para 45.736 MW médios, impactado pela migração de consumidores para o mercado livre. Segundo a Câmara, desconsiderando os efeitos desse movimento, o consumo teria apresentado um aumento de 2,1%. Já no Ambiente de Contratação Livre (ACL), no qual os consumidores compram energia diretamente dos fornecedores, os números indicam incremento de 22,2% no consumo, análise que inclui as cargas novas vindas do mercado cativo. Ao desconsiderar esse impacto, o ACL registra aumento de 1,5% no consumo.

Dentre os ramos da indústria avaliados pela CCEE, incluindo dados de autoprodutores, varejistas, consumidores livres e especiais, os maiores índices de aumento no consumo de energia no período foram nos segmentos de comércio (122,9%), serviços (89,9%) e telecomunicações (80,6%), números impactados pela migração dos consumidores para o mercado livre. Ao desconsiderar esse movimento dos consumidores, dos 15 setores avaliados pela Câmara de Comercialização, 11 registraram elevação no consumo no período.

Geração



Do ponto de vista da geração, foram produzidos em todo o sistema nacional 66.690 MW médios em março. A fonte hidráulica, incluindo as Pequenas Centrais Hidrelétricas, aumentou em 2,4% a geração, com representatividade de 80,4% sobre toda energia produzida no País, índice 0,6 ponto porcentual superior ao registrado em março de 2016. Já a produção das usinas térmicas teve ligeira queda de 0,4%, enquanto a geração eólica recuou 3,4% no período.

As informações constam na mais recente edição do boletim InfoMercado Semanal Dinâmico. O informativo também apresenta estimativa de que as usinas hidrelétricas integrantes do Mecanismo de Realocação de Energia (MRE) tenham gerado, em março, o equivalente a 105,7% de suas garantias físicas, ou 50.410 MW médios em energia elétrica. Para fins de repactuação do risco hidrológico, este porcentual é de 94,3%.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel