Edição nº 1087 14.09 Ver ediçõs anteriores

Artigo

A eleição do “não”

Não adianta chorar sobre as cinzas

O turbinado poder da colaboração

Alta do dólar? É a estupidez, políticos!

As declarações irresponsáveis dos candidatos têm um impacto profundo e desastroso, pois elas pioram expectativas e afetam ainda mais a economia

A Petrobras errou, sim. Mas você, eleitor, não pode errar em outubro

Em junho de 2016, a Petrobras adotou uma regra em que os combustíveis sobem ou descem todos os dias. Lamento informar que esse modelo não funciona no Brasil

Mãos limpas, Lava Jato e piadas sem graça

A escolha do desconhecido Giuseppe Conte como primeiro-ministro italiano após a vitória de dois partidos irrelevantes mostra o desencanto dos eleitores com a política tradicional

Quem vai dialogar com eles?

O candidato que conseguir dar alento aos 27,7 milhões de pessoas que estão desempregadas ou desistiram de procurar emprego terá grandes chances de vencer a eleição

Tudo o que você deve saber sobre a lei europeia de privacidade de dados

Como o GDPR, a legislação da União Europeia que está influenciando centenas de empresas de tecnologia, impacta as empresas brasileiras

A Justiça tarda e falha no Brasil

Em estado precário de saúde, Maluf parece se beneficiar da prisão domiciliar. Mas o maior problema é a morosidade para a execução de sua pena

Como a Inteligência Artificial vai cuidar da sua Saúde

Já pensou se, logo após o nascimento, seu filho fosse submetido a um teste de DNA que mostrasse todos os riscos de saúde que poderia ter ao longo da vida e, a partir de um cruzamento de zetabytes de dados em um sistema inteligente, o pediatra já prescrevesse um tratamento preventivo que evitasse o surgimento […]

A tecnologia que está revolucionando o varejo. Você está pronto?

O maior ativo da Amazon, não é o que ela vende. Nem a quantidade. Nem mesmo a plataforma em que comercializa seus produtos. O maior ativo da Amazon é entender absolutamente tudo sobre seus consumidores

O desmoronamento das políticas públicas

Por trás do enredo de filme de terror está o drama da pobreza e do déficit habitacional nas grandes cidades, resultado do colapso das políticas públicas das últimas décadas

Adoráveis insensatos

Elon Musk é o empresário que leva você ao espaço, lança o carro do futuro e foi a inspiração para criar o personagem Tony Stark no filme o Homem de Ferro

Maduros, sim. Velhos, nunca

Facilitar que os cidadãos permaneçam produtivos vai reduzir a pressão sobre as contas do INSS e preservar o conhecimento de décadas de experiência

Como indústria e varejo podem crescer de forma sustentável

Um tema sempre presente nas discussões estratégicas do varejo e da indústria é a necessidade de crescer de forma sustentada. É possível (e importante) trabalhar táticas para expansão das vendas em ações de curto prazo, mas o que realmente leva a empresa a se destacar no mercado é sua capacidade de se manter em crescimento […]

Joaquim Barbosa, presidente do Brasil?

Com importantes características favoráveis, o potencial eleitoral de Barbosa definitivamente não deve ser menosprezado. Ele terá, no entanto, enormes desafios pela frente

A reação da Velha Economia

Empresas tradicionais, como o jornal The Washington Post, adotam estratégias de startups para voltarem a inovar

A diversidade protege as empresas

Uma gestão com mais diversidade serviria não só para melhorar as políticas de inclusão, mas também para defender a imagem da empresa

Por que precisamos aceitar os refugiados venezuelanos

Em Roraima, uma revolta expulsou os imigrantes da cidade de Mucajaí. Essa incompreensão passa pela falta de infraestrutura, que o governo brasileiro tem de prover

Como agem as empresas em relação à privacidade de dados pessoais

Será que sabemos exatamente quais dados essas empresas estão acessando? O que estão fazendo com nossas informações?

Evoluir ou fim de jogo

No jogo dos negócios sustentáveis, empresas estão sem crédito com a sociedade para avançar de fase

O Cade tem mesmo que dificultar

De 2014 até junho do ano passado, 32 atos de concentração foram impugnados pelo Cade. Isso equivale a 5% dos processos analisados