Geral

Casas de prostituição são ‘emparedadas’ com blocos de concreto em Santana

A Prefeitura de São Paulo emparedou na quarta-feira, 9, com blocos de concreto, duas casas de prostituição entre as ruas Jovita e Gabriel Piza, em Santana (zona norte).

No total, 15 estabelecimentos já haviam sido fechados administrativamente por irregularidades, como falta de licença de funcionamento. A ação dos fiscais continua no local com apoio da Policia Militar (PM) e Guarda Civil Metropolitana (GCM).

Em nota, a Prefeitura Regional Santana Tucuruvi informou que os locais já haviam sido notificados e multados anteriormente e, como não atenderam normas administrativas, foram fechados. Ocorre que em flagrante desrespeito à interdição, duas casas noturnas afastaram os muros de concreto colocados pela Prefeitura e continuavam a funcionar.

Ainda de acordo com a nota, a fiscalização continuará até encerrar o emparedamento de todos os estabelecimentos que estão desrespeitando a ordem de fechamento anterior.



Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago