Geral

Casal suspeito de enforcar, queimar e matar grávida de 3 meses é preso

O borracheiro Weverson Batista de Aguiar, de 26 anos, e a mulher dele, a dona de casa Dejane Antunes Machado Pinheiro, 40, foram presos nesta segunda-feira, 7, acusados do assassinato de uma mulher grávida. A vítima é Patrícia da Conceição, de 23 anos, gestante de três meses. Aguiar confessou o crime, alegando que a vítima fazia fofocas da sua vida.

A gestante foi espancada com martelo e paus e enforcada com fios elétricos. Ela teve o corpo queimado e jogado na região metropolitana de Goiânia. O crime ocorreu em 2 de junho. O casal aguarda em celas separadas sob risco de linchamento.

A ocultação do cadáver foi feita por três adolescentes, entre eles, dois filhos de Dejane. Os três responderão por ato infracional.

O casal será indiciado por homicídio qualificado, aborto, ocultação de cadáver e corrupção de menores.

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?