Edição nº 1117 18.04 Ver ediçõs anteriores

Casa de Elvis é comprada por herdeiro do hard rock café

Casa de Elvis é comprada  por herdeiro do hard rock café

A casa onde Elvis Presley e a mulher Priscilla Beaulieu Presley moraram por seis anos em Beverly Hills, Califórnia, no final dos anos 60, foi vendida por US$ 25,46 milhões. O comprador da propriedade de 5,4 mil m² é Harry Morton, filho do fundador do Hard Rock Café, Peter Morton. O curioso é que Harry foi dono da casa até 2014, quando a vendeu ao empresário egípcio Hamed El Chiaty, da Travco Group, por US $ 14,5 milhões. Em 2016, Chiaty a colocou à venda por US$ 30 milhões. Passados três ano, o preço caiu, e proprietário anterior a arrematou. A mansão foi construída em 1958 e reformada algumas vezes. Tem quatro quartos, cinco banheiros e três lareiras. A sala de jantar é integrada à área da piscina por uma porta de vidro, característica que se repete também nos quartos.

(Nota publicada na Edição 1116 da Revista Dinheiro)


Mais posts

Tenha uma Bugatti na sala de casa

A fabricante de automóveis francesa Bugatti quer comemorar seus 110 anos além das pistas – e com muito estilo. No Salone Del Mobile, [...]

Um lar pra chamar de palácio na África do Sul

Está listada na Sotheby’s International Realty uma casa de estilo palaciano – não apenas na arquitetura, mas também em tamanho. A [...]

Cobiçado Mercedes 300 SL 1955 de Adam Levine é vendido por US$ 1,5 milhão

O Mercedes-Benz 300 SL Gullwing 1955 que foi propriedade do vocalista da banda Maroon 5, Adam Levine, acaba de ser arrematado por US$ [...]

Iate do príncipe Rainier vai a leilão

O iate Riva Tritone, no qual o príncipe Rainier III e sua esposa Grace Kelly costumavam ser vistos navegando em Mônaco e na Côte [...]

O hotel para todos os gostos

O Les Sources de Caudalie, hotel 5 estrelas nos vinhedos do Château Smith Haut Lafitte, produtor dos melhores Bordeaux do mundo, tem [...]
Ver mais

Copyright © 2019 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.