Negócios

Casa Branca acusa Republicanos de ajudar a China a competir com os EUA



A Casa Branca acusa os Republicanos no Senado de “literalmente” escolher ajudar a China a competir com os Estados Unidos para proteger as grandes farmacêuticas. “Isso leva a lealdade a interesses especiais sobre os trabalhadores americanos a uma nova e chocante altura”, afirmou a secretária de imprensa Karine Jean-Pierre, em comunicado, nesta quinta-feira. “Não vamos recuar diante dessa ameaça ultrajante.”

Jean-Pierre diz que o senador líder do partido rival, Mitch McConnell, “mantém refém” um pacote bipartidário que fortaleceria a competitividade americana em relação à economia chinesa. Caso aprovado, ele “renderia centenas de milhares de empregos industriais em lugares como o sul de Ohio, Idaho e outros estados do país” e “reduziria o custo de inúmeros produtos e acabaria com nossa dependência das importações”, argumenta a porta-voz.